terça-feira, 18 de agosto de 2015

Homem faz exame e descobre ter só metade do cérebro.

Homem vai ao hospital por conta de lesão na perna e descobre ter só metade do cérebro


Reprodução 
Reprodução

 
Uma lesão na perna fez com que um francês — cuja identidade não foi revelado — recebesse a pior notícia de sua vida. Em uma ida corriqueira ao hospital, após ter machucado a perna, ele descobriu que simplesmente havia perdido metade de seu cérebro. As informações são do Mirror.

O caso aconteceu em 2007, mas foi publicado apenas nesta semana pelo The Lancet, um dos jornais de medicina mais respeitados do mundo. Responsável por estudar o cérebro do homem neste período, o médico Lionel Feuillet foi um dos responsáveis por comentar o caso.

“Foi algo inesperado. Fizemos a análise e vimos que o cérebro inteiro do paciente havia reduzido, tanto do lado esquerdo quanto do lado direito, em todos os sentidos possíveis. Afetou regiões que controlam a movimentação, sensibilidade, linguagem, visão, audição e até funções emocionais”, explica ele.

A surpresa da descoberta foi acompanhada, é claro, de muita pesquisa. E nela os médicos descobriram algo ainda mais surpreendente. Vítima de hidrocefalia pós-natal, ele foi submetido a um procedimento de remoção de líquido da cabeça aos 14 anos. Durante três décadas, porém, um restante de fluído continuou “comendo” o cérebro.

Foram necessários oito anos de estudo — e por isso o caso demorou a ser divulgado — para que os médicos formulassem hipóteses sobre como o homem sobreviveu. Hoje, acreditam que o cérebro se reorganizou de maneira que pudesse continuar fazendo suas funções mesmo com 50% de seu tamanho inicial.

A descoberta foi importante, de acordo com o artigo na The Lancet, para mostrar que inteligência e tamanho de cérebro podem não ser tão ligados como era dito até então. Os especialistas agora querem saber se a vitalidade do órgão também não é tão evidente quanto se discutiu até hoje. Para isso, o caso continuará sendo estudado — agora por mais médicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário