segunda-feira, 6 de julho de 2015

Tati Zaqui se disse honrada por representar o funk na capa da revista "Playboy".

Tati Zaqui se diz 'honrada' por ser funkeira na capa da revista 'Playboy'

MC diz ao G1 que ficou 'surpresa e pensativa' antes de fazer ensaio nua.
Ela fala de não ter estilo 'corpão' de outras capas: 'Poucas com meu corpo'.

 
Do G1, em São Paulo

Tati Zaqui se disse honrada por representar o funk na capa da revista "Playboy". A caminho de um show em São Paulo, e depois nos bastidores da apresentação, a MC falou ao G1 sobre a experiência e a repercussão da capa.
A cantora diz que ficou "supresa e pensativa" antes de decidir fazer o ensaio. Ela publicou em sua página no Facebook na sexta-feira (3) a imagem da revista, em que ela aparece com seus longos cabelos azuis e uma banana de dinamite nas mãos.
Sobre ter um tipo de corpo diferente da maioria das mulheres na capa da "Playboy", com menos curvas, ela comentou: "Sei que são poucas com meu corpo [na revista]".
"Quem diria a mina do funk agora na capa da Playboy ‪#‎Julho‬. Opinião sua, realidade minha! Disse a magrela, avatar, feia e zuada Tati Zaqui. Falador passa mal, hoje Santo André acordou chovendo! É o choro dos inimigos! Beijos pro RECALQUE!", escreveu a funkeira em outra postagem no Facebook.
Aos 20 anos, MC Tati Zaqui é o nome forte na nova onda do funk ousadia, e ainda desafia o domínio masculino na cena de SP. "Parara tibum" (ouça) é mania em vídeos de dança na web e invade até a praia carioca. "Graças a Deus estourou. 'Tá o fluxo'", comemora a funkeira de cabelo azul em entrevista ao G1, em janeiro.

Tati Zaqui é capa da 'Playboy' de julho (Foto: Divulgação) 
Tati Zaqui é capa da 'Playboy' de julho (Foto: Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário