quarta-feira, 15 de julho de 2015

Homem 'ressuscita' após levar seis tiros na cabeça e ir para necrotério.

Homem 'ressuscita' após levar seis tiros na cabeça e ir para necrotério


Reprodução 
Reprodução

 
Ser baleado não deve ser um experiência boa para qualquer pessoa. Quando se toma seis tiros apenas na cabeça, então, pior ainda. Mas se você deu como morta uma pessoa que passe por essa situação, reveja seus conceitos. Pois Isaías Alves Santos, de 25 anos, não morreu. E ainda assustou quem cuidava de seu “corpo morto”.

Após ser baleado e levar seis tiros apenas na cabeça, ele foi dado como morto, encaminhado ao necrotério e, por lá, “ressuscitou”. Na 24ª Delegacia de Vera Cruz, na Bahia, onde ocorreu o caso, a ocorrência chegou inclusive a ser registrada como homicídio.

“Eu acordei e estava com dois algodões no meu nariz. Era uma sala onde estavam ali também outros corpos e eu comecei a gritar, a pedir por socorro. A enfermeira estava ali, queria entrar na sala para ajudar, mas ela estava com medo de toda a situação também”, contou Isaías ao Cidade Alerta, da TV Record.

O médico que atendeu Isaías credita a façanha dele ter sobrevivido à sua “cabeça dura”, por assim dizer. Isso porque, segundo o especialista, o fato do homem ter uma caixa craniana muito grossa foi decisivo para que ele não morresse após ser baleado. A quase-tragédia ocorreu pois Isaías era usuário de drogas. Desde que saiu do hospital, porém, ele afirma não ter mais e drogado e espera apenas por cirurgia para retirar os projeteis de sua cabeça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário