sexta-feira, 24 de julho de 2015

Homem abre fogo contra plateia em cinema nos EUA, mata 2 e se suicida.

Homem abre fogo contra plateia em cinema nos EUA, mata 2 e se suicida

Atirador ainda feriu 7 pessoas dentro de cinema em Lafayette.
Tiros começaram 20 minutos após início do filme 'Descompensada'.

 
Do G1



Um homem armado abriu fogo em uma sala de cinema na cidade de Lafayettex, na Louisiana, Estados Unidos, na noite desta quinta-feira (23), matando duas pessoas e ferindo outras sete, informou a polícia local. Após o ataque, ele se matou, acrescentaram os policiais. Os disparos aconteceram durante uma sessão do filme “Descompensada” no Grand Theatre, por volta das 19 horas.


Fachada do Grand Theatre, em Lafayette (Foto: Brad Kemp / The Advocate / via AP Photo) 
Fachada do Grand Theatre, em Lafayette 
(Foto: Brad Kemp / The Advocate / via AP Photo)
 
Jim Craft, chefe da polícia de Lafayette (Foto: Paul Kieu / The Daily Advertiser / via AP Photo)Jim Craft, chefe da polícia de Lafayette (Foto: Paul Kieu / The Daily Advertiser / via AP Photo)

O chefe de polícia de Lafayette, Jim Craft, confirmou a morte de duas pessoas e também a do atirador, que teria 58 anos. A identidade do homem e das vítimas ainda não foram reveladas.
Os tiros aconteceram em apenas uma sala do cinema, lotada com 100 pessoas. O prédio fica na Johnston Street.
O governador da Louisiana, Bobby Jindall, anunciou em seu perfil no Twitter que está indo para Lafayette, uma cidade de cerca de 120.000 habitantes, situada a 90 km a sudoeste de Baton Rouge.
Katie Domingue, uma testemunha ouvida pelo site de notícias local "The Advertiser", disse que o atirador era um “homem branco mais velho”, que começou a disparar cerca de 20 minutos após o início do filme. Ela afirmou que o homem não teria dito nada antes de iniciar o ataque. "Ele não estava dizendo nada. Eu não ouvi ninguém gritar também", disse. Katie diz ter ouvido ao menos seis tiros antes de conseguir fugir da sala.

Policiais cercam região do cinema (Foto: Brad Kemp / The Advocate / via AP Photo) 
Policiais cercam região do cinema (Foto: Brad Kemp / The Advocate / via AP Photo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário