sábado, 18 de julho de 2015

Foto da rainha Elizabeth saudando Hitler é de 'interesse público', diz jornal.

Foto da rainha Elizabeth saudando Hitler é de 'interesse público', diz jornal

Editor do 'The Sun' defendeu uso da imagem após críticas da família real.
Para tabloide, registro é 'fascinante' e sua publicação não foi apelativa.

 
Do G1

 



















Após receber duras críticas da família real britânica por publicar imagens da rainha Elizabeth II fazendo a saudação nazista, o tabloide "The Sun" se defendeu neste sábado (18) afirmando que agiu "de maneira apropriada e responsável a serviço do interesse público". Veja aqui.
O jornal também publicou em seu site um filme de 17 segundos antes desconhecido, de 1933, que mostra a monarca saudando o ditador alemão Adolf Hitler quando criança. O editor executivo do jornal, Stig Abell, afirmou que a intenção não era publicar a foto sem dar o contexto histórico apropriado.
O jornal 'The Sun' publicou em sua primeira página uma imagem do vídeo de 1933 (Foto: BBC)O jornal The Sun publicou em sua primeira página uma imagem do vídeo de 1933 (Foto: BBC)

"É uma imagem fascinante. Não só porque tem Eduardo VII que tornou-se rei em 1936. E em 1937 ele foi para a Alemanha. E em 1940 houve uma conspiração para levá-lo de volta ao trono. E ele se matou em 1970 dizendo que Hitler não foi um mau sujeito na Segunda Guerra Mundial", disse Abell.
Para o editor do jornal, a história é de "grande interesse público". "Eu não achei apelativo. Eu penso que é de genuíno interesse nacional e histórico e levamos algum tempo e dificuldade para colocar [a foto] em um contexto histórico apropriado".
O filme preto e branco, produzido no mesmo ano em que Hitler assumiu o poder, parece mostrar o futuro rei Eduardo VIII ensinando a suas sobrinhas – a atual monarca Elizabeth, então com sete anos, e sua irmã, princesa Margareth, com três anos – como imitar a saudação.
Dançando e sorrindo com aparentemente pouca compreensão sobre o significado da saudação, as duas meninas são encorajadas por Eduardo VIII a por um breve momento imitar o braço direito esticado à frente, nos jardins de Balmoral, uma residência real na Escócia. Eduardo VIII também ergue seu braço, assim como sua cunhada, a rainha mãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário