sexta-feira, 24 de julho de 2015

Empresa aposta em cuecas para colorir após febre dos livros.

Cuecas para colorir podem virar febre após livros que encantaram os adultos

Homens, mulheres e crianças podem personalizar diversas estampas.
Novidade será apresentada em feira de moda íntima, em Friburgo, no RJ.

Juliana Scarini 
Do G1

Cuecas para colorir chamam a atenção de crianças e adultos (Foto: Winny Lessa./ Divulgação) 
Cuecas para colorir chamam a atenção de crianças e adultos 
(Foto: Winny Lessa./ Divulgação)

Cuecas com estampas para colorir podem se tornar a nova febre entre homens e mulheres, após o sucesso dos livros com essa temática. A ideia é de uma empresa do setor em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, e será apresentada durante a Fevest, a Feira de Moda Íntima da cidade, que acontece entre 2 e 4 de agosto e recebe confeccionistas de todo o Brasil.
O empresário Carlos Eduardo Lima conta que a peça é feita de algodão e as canetas para tecido são vendidas separadamente. Ele explica que o produto se tornou opção de presente para o Dia dos Pais e foi inspirado nos famosos livros de colorir.

Crianças têm personalizado as cuecas para presentear os pais (Foto: Winny Lessa./ Divulgação)Crianças têm personalizado as cuecas para
resentear os pais (Foto: Winny Lessa./ Divulgação)

“Está fazendo muito sucesso e as mães estão comprando para os filhos pintarem e presentearem os pais”, disse. Segundo ele, a peça foi criada com a ideia de que os homens também podem gostar de colorir, além de ser uma forma de “desestressar”.
Vendida por R$ 29,90, a cueca, após pintada, deve ficar secando por 24 horas e pode ser lavada normalmente. “São três temas, dois florais e um geométrico. Estamos fabricando e já colocando nas lojas”, explicou Carlos Eduardo.
A novidade divide opiniões entre homens e mulheres. Alguns acham ousada, outros, investiriam na peça. É o caso do fotógrafo Lúcio César Pereira, de 43 anos. “Eu usaria para me divertir com minha parceira, para fazer algo diferente”, disse.

Livro de colorir para adultos gera sensação de bem estar, dizem adeptos (Foto: Cláudio Nascimento/ TV TEM)Livro de colorir para adultos gera sensação de bem estar, dizem adeptos
(Foto: Cláudio Nascimento/ TV TEM)

O jornalista Eugênio Fernandes Gomes, de 22 anos, se surpreendeu com a ideia, achou divertida, mas não se vê na peça.
“Acredito que funcione melhor mais como um presente criativo do que prático. Pode ser interessante em despedidas de solteiro ou para apimentar a relação", afirmou.

Tem mulher que considera a cueca para colorir é ousada. “Eu não compraria para presentear e se meu namorado aparecesse com uma dessas, eu ia rir”, brincou a publicitária Raquel Dias, de 31 anos.
Lívia Ruiz, de 27 anos, é mãe de um menino de três anos e ao descobrir a novidade ficou surpresa. De imediato, achou que a cueca é uma peça muito íntima, mas confessou que achou a ideia criativa. "O Lucas é muito pequeno para esses desenhos cheios de detalhe, mas acho um presente legal. Adoro coisas possíveis de personalização", revelou.
De acordo com Carlos Eduardo, a primeira remessa do produto, com 140 peças, já foi lançada e já está sendo vendida. Até a Fevest devem ser produzidas 500 cuecas para colorir.

Polo de moda íntima

Nova Friburgo é reconhecida há alguns anos como a capital brasileira da Moda Íntima e referência no setor por representar o desenvolvimento industrial da pequena e média empresa no Brasil. Em sua 25ª edição, a Fevest, Feira de Moda Íntima, Praia, Fitness e Matéria-Prima,  reunirá cerca de 100 expositores, entre confeccionistas e fornecedores.
O evento, considerado o principal showroom do setor, é voltado para empresários, compradores, multimarcas, lojistas e fornecedores de todo o Brasil. Este ano, o Sindicato do Vestuário (Sindvest) espera fechar R$ 50 milhões em negócios.
O polo têxtil da cidade e região é formado por 1.324 confecções, gerando 24 mil postos de trabalhos, sendo 10 mil diretos e 14 mil indiretos, que movimentam a economia da cidade serrana fluminense e região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário