quinta-feira, 2 de julho de 2015

Dieta da recuperação ajuda a ter melhores resultados nos exercícios.

Dieta da recuperação ajuda a ter melhores resultados nos exercícios

 
Yahoo
Atletas experientes já sabem que o treino só é tão bom quanto a sua recuperação. Deixar de lado os esforços de reconstrução necessários pode sufocar o seu progresso e te colocar em risco de lesões. Felizmente, você pode combater as dores das atividades físicas com nutrição. Estes achados surpreendentes são uma boa opção. Dê uma olhada:


1. Cúrcuma
image

Algumas lojas de alimentos saudáveis ​​e supermercados vendem os rizomas frescos, ou raízes, que você pode adicionar ao suco ou smoothie. Você também pode encontrar a versão sólida em quase todo o corredor de especiarias e temperos. Carolyn Brown, nutricionista, diz que o composto ativo no produto tem se mostrado tão eficaz quanto o ibuprofeno para aliviar a dor.


2. Gengibre
image

Membro da mesma família de plantas que o cúrcuma, o gengibre interfere nas enzimas inflamatórias e pode reduzir a dor em até 25 por cento 24 horas pós-treino. Pique ou rale a raiz e adicioná-lo e adicione à água quente para fazer chá.


3. Suco de cereja
image

Uma pesquisa mostrou que ele pode ser mais eficaz do que a aspirina. Mas pelo fato de o suco ser uma fonte concentrada de açúcar, Brown recomenda beber apenas durante a semana antes de um grande esforço. Beba uma colher de sopa de manhã, e uma dentro de uma hora ou duas após o treino, ou o que Brown chama de “a janela mágica para a reconstrução muscular e redução da inflamação”.


4. Peixes gordos
image

“O ômega-3 do salmão e da anchova pode aumentar a amplitude de movimento e o fluxo sanguíneo para os músculos, além de diminui a dor”, diz Brown. A American Heart Association recomenda comer peixe, especialmente os tipos gordos, pelo menos duas vezes por semana. Mas se você não é um grande fã de frutos do mar, Brown recomenda tomar um suplemento diário com 1.000 a 2.000 miligramas de ômega-3.


5. Café
image

Em um estudo, as pessoas que receberam uma pílula com a mesma quantidade de cafeína encontrada em cerca de duas e meia xícaras de café tiveram níveis significativamente mais baixos de dor durante um treino de ciclismo. Um outro estudo descobriu que essa mesma quantidade de cafeína corta a dor pós-treino em quase 50 por cento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário