sexta-feira, 5 de junho de 2015

Morte de empresários em Nova Serrana, MG pode ter sido duplo homicídio, diz Polícia Civil.

Morte de empresários em MG pode ter sido duplo homicídio, diz Polícia Civil

Corpos foram encontrados em entre Nova Serrana e Leandro Ferreira.
Vítimas eram donas de fábrica de calçados; família percebeu sumiço.

 
Do G1 

Marcas de sangue em uma das portas da caminhonete (Foto: TV Integração/Reprodução)Marcas de sangue em uma das portas da
caminhonete (Foto: TV Integração/Reprodução)

Os primeiros levantamentos da Polícia Civil sobre a morte de um homem e uma mulher encontrados mortos, na manhã desta quinta-feira (4), dentro de um carro em uma fazenda entre os municípios de Nova Serrana e Leandro Ferreira apontam o crime como possível duplo homicídio.
Os corpos do homem de 40 anos e a mulher, 43, foram achados dentro de uma caminhonete. As vítimas eram donas de uma fábrica de calçados em Nova Serrana.
Segundo os peritos, o homem foi atingido por cinco tiros e a mulher dele, quatro. Para a Polícia Civil, tudo indica que o agressor estivesse dentro da caminhonete, por causa da posição dos corpos e da trajetória das balas.
"Aparentemente, pelos elementos apurados, trata-se de um duplo homicídio", explicou o perito criminal Rafael Pezzuti.
A polícia também já sabe que o casal foi visto pela última vez às 18h de quarta-feira (3), por um caseiro, em um sítio da família. Também foi confirmada a informação de que os dois estavam com cerca de R$ 4 mil em dinheiro.


Eram procurados

O casal foi dado como desaparecido à Polícia Civil durante a noite, por parentes. A caminhonete
com os corpos foi achada por lavradores. Segundo o delegado de Polícia Civil de Nova Serrana, Felipe Freitas, existe a possibilidade de o casal ter dado carona a alguém.

Corpos foram achados dentro de caminhonete em estrada de terra (Foto: PM/Divulgação) 
Corpos foram achados dentro de caminhonete em estrada de terra (Foto: PM/Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário