sábado, 13 de junho de 2015

Coreia do Sul confirma 14 mortes por Mers e número de casos chega a 138.

Coreia do Sul confirma 14 mortes por Mers e número de casos chega a 138

Morte mais recente foi de mulher de 67 anos, segundo Ministério da Saúde.
Motorista de ambulância que transportou paciente é um dos contaminados.

 
Da Reuters

Infográfico - Entenda a Mers (Foto: Infográfico/G1) O Ministério da Saúde da Coreia do Sul anunciou no sábado (13, horário local) mais 12 casos da Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers) no país, elevando o total para 138 vítimas, e a morte da 14ª pessoa.

Os 12 novos casos, incluindo um motorista de ambulância que transportou um paciente, foram divulgados após o registro de apenas quatro casos nesta sexta-feira. O número menor tinha aumentado as esperanças de que o surto poderia estar diminuindo, embora as autoridades e especialistas previram que haveria mais casos.

Uma mulher de 67 anos que contraiu o vírus de um paciente se tornou a 14ª pessoa a morrer no surto, disse o ministério. Todas as mortes foram entre pacientes idosos ou aqueles que já vinham sofrendo de algum problema grave de saúde.

É o maior surto fora da Arábia Saudita, onde a doença foi identificada pela primeira vez em humanos em 2012, e provocou temores na Ásia de uma repetição da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) em 2002-2003 que matou cerca de 800 pessoas em todo o mundo.

A Mers é causada por um coronavírus da mesma família da Sars. É mais mortal do que a Sars, mas não se espalha tão facilmente, pelo menos por agora. Não há cura ou vacina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário