segunda-feira, 29 de junho de 2015

Cinco cuidados simples com a higiene íntima.

5 cuidados simples com a higiene íntima

Foto: Thinkstock 
Foto: Thinkstock


Os cuidados de higiene diários não devem parar apenas com os dentes e o banho tradicional. Sua higiene íntima também pede atenção constante.
Falta de higiene nas partes íntimas femininas pode trazer sérios problemas como irritações, infecções, inflamações e desenvolvimento de bactérias que podem ser difíceis de curar.
Muito mais fácil é se dedicar a cuidar desta região como ela merece, evitando inconvenientes e deixando-a sempre saudável.  

Veja a seguir 5 dicas simples para cuidar da higiene íntima:

Foto: ThinkstockFoto: Thinkstock 

Lavar as mãos
Antes mesmo de ir ao banheiro, lave as mãos. As bactérias que estão nelas podem passar para sua área íntima e causar problemas.


Cuidado com banheiros públicos

Esta dica já é clássica, mas é sempre válido relembrar: nunca sente em vasos sanitários de banheiros públicos. Eles podem estar contaminados com doenças e bactérias que podem ser transmitidas com o contato direto. Forre com papel, fique “meio em pé”, só não sente direto.


Banho

Na hora do chuveiro, água e sabão são sempre muito úteis e devem ser passados delicadamente entre os lábios vaginais. Mas vale a pena investir também em sabonetes íntimos feitos especialmente para a flora vaginal, que preservam o pH da região.


Menstruação

Foto: Thinkstock 
Foto: Thinkstock


Todos estes cuidados devem ser redobrados durante a menstruação, quando a mucosa vaginal fica ainda mais sensível. Recomenda-se lavar a região mais de uma vez por dia, se possível a cada vez que for ao banheiro. Também não se esqueça de trocar frequentemente o absorvente, ou as bactérias armazenadas lá poderão te dar infecções e alergias.


Roupas

As roupas que você usa também podem influenciar na saúde de sua vagina. Calças e shorts muito justos comprimem a região, abafam e favorecem a proliferação de fungos, assim como ficar muito tempo com biquíni ou maiô molhados. Prefira usar calcinhas de algodão e, sempre que possível, saias e vestidos mais soltinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário