sábado, 30 de maio de 2015

Sem saber, imobiliária vende casa que pertenceu a Ayrton Senna.

Sem saber, imobiliária vende casa que pertenceu a Ayrton Senna

Imóvel de dois dormitórios em Norwich, no leste da Inglaterra, abrigou piloto brasileiro durante temporada na escuderia Van Diemen, em 1981.

 
BBC

Casa que pertencei a Ayrton Senna, em Norwich (Foto: BBC) 
Casa que pertenceu a Ayrton Senna, em Norwich (Foto: BBC)

Uma casa que pertenceu ao piloto brasileiro Ayrton Senna em Norwich, no leste da Inglaterra, foi vendida sem que a imobiliária responsável pela transação soubesse que ele havia morado ali.
Senna alugou o imóvel, de dois dormitórios, em 1981 e morou no local quando corria pela escuderia Van Diemen, segundo o jornalista Tom Rubython, que escreveu a biografia do tricampeão mundial, The Life of Senna (A Vida de Senna, em tradução livre).
Mark Bird, gerente da imobiliária William H Brown em Norwich, afirmou que a empresa não foi informada de que a casa havia abrigado o morador ilustre.
"Não costumamos cruzar com famosos...e essas pessoas tendem a gostar de casas grandes", disse.
Senna, que morreu aos 34 anos em 1994, estava competindo na Fórmula Ford na ocasião em que morou em Norwich.
A casa foi vendida por um preço modesto para os padrões britânicos, entre 210 mil a 215 mil libras (cerca de R$ 1 milhão), para uma das primeiras pessoas que a visitou no último fim de semana.
"Nem sabia que Ayrton Senna havia morado em Norwich", disse ele.
"A casa foi vendida muito rápido, é um imóvel muito popular, bem localizado e perto do comércio e de escolas", acrescentou.
"Talvez se soubéssemos que Senna tivesse morado ali, haveria uma concorrência maior entre eventuais compradores, mas não acho que faria diferença no preço".
"Não chegamos a cruzar com muitos proprietários famosos ─ e eles têm de ser muito conhecidos para elevar o preço de mercado do imóvel. Além disso, essas pessoas normalmente preferem morar em casas maiores", afirmou Bird.
O corretor disse que a venda da casa seria concluída em oito semanas e acrescentou não saber se o novo dono do imóvel é fã de Fórmula 1.
Senna também correu pela escuderia Lotus, de Norfolk, por três anos, antes de se transferir para a McLaren, onde ganharia fama mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário