quinta-feira, 28 de maio de 2015

Cientistas descobrem que coração tem receptores de sabor amargo.

Cientistas descobrem que coração tem receptores de sabor amargo

    


Coração doce? Amargo? Esses termos — muito usados em brigas ou afagos de casais — podem ter um fundo científico que nunca se imaginou antes.

Pelo menos isso é o que diz uma pesquisa liderada por cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, que descobriu tecidos semelhantes às papilas gustativas em nosso coração.

De acordo com a pesquisa, o tecido teria uma função bem parecida com as do nariz e da língua, o que nos faz pensar que, sim, o coração consegue sentir o amargo.

Por isso, cientistas apontam que a introdução de uma substância amarga no órgão pode suprimir quase que totalmente sua função contrátil.

A pesquisa possibilitou aos cientistas descobrir aproximadamente 12 receptores do amargo no tecido do coração. No total, são conhecidos 25 tipos desses receptores no corpo humano inteiro.

Dada essa descoberta, cientistas tentam descobrir o motivo de esses receptores estarem no órgão. Segundo eles, essa descoberta pode avançar — e muito — o tratamento de doenças cardíacas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário