quinta-feira, 16 de abril de 2015

'Mortal Kombat X' tem personagem gay, confirma diretor do estúdio.

'Mortal Kombat X' tem personagem gay, confirma diretor do estúdio

Jogadores suspeitaram da sexualidade de Kung Jin, primo de Kung Lao.
'Bom ter fãs observadores' que captaram 'exposição sutil', diz diretor.

 
Do G1

Imagem do game 'Mortal Kombat X' em que Raiden conversa com Kung Jin, personagem gay do jogo. (Foto: Reprodução/YouTube.com) 
Imagem do game 'Mortal Kombat X' em que Raiden (à dir.) conversa com Kung Jin, personagem gay do jogo. (Foto: Reprodução/YouTube.com)

 O game "Mortal Kombat X", novo título da histórica franquia de games de luta, possui um personagem gay, fato que, embora de forma sutil, foi confirmado por um dos diretores da empresa criadora do jogo, a Netherrealm.
O lutador em questão é Kung Jin, um primo de Kung Lao que segue os passos do parente e se torna também um monge shaolin. Uma de suas principais características é usar arco e flecha como arma. A suspeita sobre a sexualidade dele foi levantada pelos jogadores.
No capítulo 4 do modo história, Jin relembra de uma conversa com Raiden após ter sido flagrado roubando um objeto de seu templo. Ele reclama que a abordagem do deus guardião da Terra o fez se sentir mal.
"Auto depreciação sempre foi uma parte infeliz do seu disfarce", responde Raiden. "Em você reside um futuro brilhante. Um que honra realmente seus antepassados. Um que é digno de você", continua.
E acrescenta: "Vá para a academia Wu Shi. Junte-se aos Shaolin, como fez Kung Lao antes de você". "Eu não… Eles não aceitariam", responde Kung Jin. "Eles se importam apenas sobre o que está no seu coração, não com quem o seu coração deseja", afirma Raiden. Essa foi a frase que suscitou as dúvidas dos jogadores sobre a sexualidade do personagem.

Tudo não passava de uma suspeita, até que Dominic Ciancialo, diretor de sequências da Netherrealm, se pronunciou. "Brian Chared, vejo que as pessoas estão sacando a sutil exposição contida no flashback de Jung Jin. Bom termos fãs observadores", escreveu o executivo nesta terça-feira (14) no Twitter, em mensagem direcionada ao responsável pelo áudio de "Mortal Kombat X".
Lançado oficialmente no Brasil nesta quinta-feira (16), o jogo é o primeiro da franquia desde 2011. Como a história se passa 25 após os fatos do último título, "Mortal Kombat X" está repleto de novos personagens que são descendentes ou parentes de personagens principais.
Kung Jin é um deles. Outra é Cassie Cage, filha de Johnny Cage e Sonya Blade, personagem cuja dublagem para o português feita pela cantora Pitty gerou críticas de jogadores. Há ainda Jacqueline Briggs, filha de Jax, e Takashi Takeda, filho de Kenshi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário