domingo, 12 de abril de 2015

Escrivã presa por venda de arma em Divinópolis, MG, é levada para presídio.

Escrivã presa por venda de arma em Divinópolis é levada para presídio

Servidora que trabalhava há 21 anos em fórum foi presa em casa.
Suspeita e mulheres que compraram armas foram detidas.

 
Do G1 

Escrivã presa no fórum em Divinópolis (Foto: TV Integração/Reprodução)Escrivã trabalhava no Fórum em Divinópolis
(Foto: TV Integração/Reprodução)

A escrivã presa em Divinópolis por suspeita de corrupção ativa, peculato e venda de arma de fogo foi encaminhada ao Presídio Floramar, em Divinópolis. Segundo a Polícia Civil, ela trabalhava no Fórum  de Divinópolis há 21 anos e duas mulheres suspeitas de comprar as armas de fogo foram levadas para o presídio nesta sexta-feira (10).
Segundo o delegado regional, Fernando Vilaça, a escrivã estava sendo investigada há cerca de um mês e foi presa em flagrante. Durante buscas na casa dela, foram encontradas diversas munições. "Recebemos informações que ela iria vender uma arma para duas mulheres em um trailer no Bairro Icaraí, com a ajuda de um mototaxista. Fizemos a abordagem às mulheres que estavam comprando as armas, à escrivã e também ao mototaxista e encaminhamos os suspeitos para a Delegacia de Polícia Civil", contou o delegado.
O mototaxista que fez o transporte da arma, Cláudio Aparecido Bento, contou que não sabia o que estava transportando. "Fui chamado pelo telefone da firma de mototáxi em que trabalho para levar uma encomenda do Bairro Orion para o Bairro Icaraí. Não sabia o que estava transportando e a partir de hoje não faço mais frete sem a pessoa abrir a encomenda, pois em uma dessas posso entrar em uma fria e o constrangimento é muito grande", declarou.
G1 entrou em contato com o Fórum de Divinópolis nesta sexta-feira. O órgão não se pronunciou sobre o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário