quinta-feira, 12 de março de 2015

Conheça Tess, a mulher que não sorri há 40 anos para evitar rugas.

Não sorrir evita rugas?

 


tessSabe aquela disputa em que duas pessoas ficam sérias, se encarando, para ver quem aguenta mais tempo sem dar risada? Conheça a campeã mundial da modalidade: Tess Christian, que tem 50 anos e não sorri há 40 anos. Imagine só: ela parou de sorrir com 10 anos. Tudo isso para não ter rugas. (Você arregalou os olhos com essa informação? Ela nunca faria isso).
Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, ela explicou: “Eu não tenho rugas porque treinei para controlar os músculos faciais. Quando achava alguma coisa engraçada, eu controlava meus músculos faciais, mantendo-os rígidos. Todo mundo pergunta se eu apliquei Botox, mas eu não apliquei, e estou assim graças ao fato de não rir ou sorrir desde a adolescência. Minha dedicação valeu a pena, eu não tenho uma única ruga no rosto. Minha estratégia é mais natural do que Botox e mais eficaz do que qualquer creme ou tratamento de beleza. Não é que eu seja infeliz. Eu amo a vida. Eu só não sinto a necessidade de mostrar isso andando por aí com um sorriso forçado no rosto.”


Fazer cara de estátua funciona? 

As rugas dependem de vários fatores, como da genética de cada um, da ação da gravidade, da diminuição do colágeno, da mudança na estrutura óssea. Mas o fato é que rugas nos cantos dos olhos (os pés de galinha) ou na testa, entre outras, são causadas principalmente por expressões faciais repetidas anos a fio. Essas são as que podemos evitar. Se nos esforçarmos para não fazer carranca ou franzir a testa, a testa se manterá lisa. Mas quem se dispõe a deixar de sorrir para evitar os pés de galinha?  Definitivamente, a opção da maioria das pessoas (e a minha!) é pelos pés de galinha. 


Sorrir ou não sorrir? 

Sincero, falso, sedutor, o sorriso é parte fundamental da nossa vida social. Um belo sorriso é uma arma poderosa. Faz parte da nossa cultura. Mas, enquanto nós procuramos pistas emocionais olhando a boca, outras culturas, como por exemplo os japoneses, procuram pistas emocionais nos olhos. Tem sentido: os olhos são mais difíceis de controlar do que a boca e por isso mesmo dão pistas melhores sobre o estado emocional de uma pessoa.Essas diferenças acabaram se refletindo até nos emoticons. O destaque dos nossos emoticons é a boca, vide  :) ou  :O ou ainda  :(
Já nos emoticons japoneses, o que se destaca são os olhos:
feliz:  (^_^)      triste: (;_ ;)      bravo: (¬_¬)
Gostou? Então sorria!


Por Lucia Mandel

Nenhum comentário:

Postar um comentário