segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Dupla obriga esposa a ingerir sangue do marido durante assalto em MG.

Dupla obriga esposa a ingerir sangue do marido durante assalto em MG

Criminosos amarraram, torturaram e bateram no casal em Paineiras.
Eles roubaram cheque, dinheiro e celular; ninguém foi preso.

 
Bárbara Almeida  
Do G1

A Polícia Civil de Abaeté investiga um roubo em um sítio na última sexta-feira (30) na zona rural de Paineiras, no Centro-Oeste de Minas Gerais. Segundo a Polícia Militar (PM), dois homens encapuzados e armados entraram na residência pedindo R$ 120 mil em dinheiro para um casal de 58 e 52 anos. Durante a ação os suspeitos amarraram, bateram e torturaram as vítimas. Em seguida atiraram no homem e obrigaram a mulher a ingerir o sangue do marido.

Casa fica revirada após assalto em Paineiras (Foto: Janaína Lourenço/Arquivo Pessoal) 
Assaltantes reviraram a casa durante o assalto (Foto: Janaína Lourenço/Arquivo Pessoal)


De acordo com a PM, o homem foi alvejado no maxilar esquerdo e a bala ficou alojada na nuca da vítima, que não reagiu ao assalto. Os suspeitos reviraram a casa a roubaram um cheque no valor de R$ 2.000,00, R$ 1.500,00 em dinheiro, um celular e após fugiram. A PM informou que durante a ação a dupla falava que sabia que a vítima tinha vendido uma casa e que queria o dinheiro da venda para comprar drogas.
O investigador da Polícia Civil, Diego Micael, conta que os suspeitos não foram presos, o caso segue em sigilo e que a equipe está investigando o caso. "A perícia técnica fez os trabalhos no local do crime. A cidade onde ocorreu o assalto é pequena, tem 4.631 habitantes segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O caso segue em sigilo para não atrapalhar as investigações, mas sem dúvidas causou muita comoção para a população de Paineiras e para quem está trabalhando no caso" declarou.

Crime em Paineiras (Foto: Janaína Lourenço/Arquivo Pessoal)Dupla armada roubou dinheiro, cheque e celular
(Foto: Janaína Lourenço/Arquivo Pessoal)

As vítimas foram socorridas por populares e encaminhadas para o Pronto Atendimento de Paineiras. A mulher foi atendida na unidade e liberada. Já o homem foi encaminhado para o Hospital Municipal Monsenhor Flavio Damato em Sete Lagoas.
A filha da mulher ferida pelos assaltantes, Janaína Lourenço Gomes, de 34 anos, contou à reportagem que a família está muito indignada e assustada com o crime. "Fico imaginando minha mãe lambendo o sangue do meu padrasto no chão e fico com muita revoltada. Muita crueldade para uma família humilde e simples como a minha. Meu padrasto agora está sobre meus cuidados e nem pode virar o rosto, pois a bala ainda está alojada no corpo dele. Além do físico, tem todo o lado emocional que está muito abalado. Só peço a Deus que faça justiça e que nós consigamos passar por isso", desabafou.

Casa fica revirada após assalto em Paineiras (Foto: Janaína Lourenço/Arquivo Pessoal) 
Dupla revirou roupas das vítimas atrás de dinheiro  (Foto: Janaína Lourenço/Arquivo Pessoal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário