quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Justiça francesa barra casal de registrar filha com nome 'Nutella'.

Justiça francesa barra casal de registrar filha com nome 'Nutella'

Juiz disse que criança poderia ser alvo de zombaria.
Na mesma região, outro casal já havia tentando dar o nome de 'Morango'.

 
Do G1

Clima na Turquia prejudica produção de Nutella, diz jornal (Foto: Reprodução/Site oficial da Nutella)Nutella, feito de chocolate e avelãs
(Foto: Reprodução/Site oficial da Nutella)

A Justiça francesa barrou um casal de registrar sua filha com o nome da famosa pasta de avelã "Nutella".
Em setembro do ano passado, os pais, que são de Valenciennes, no norte da França, fizeram o pedido de registro do nome em um cartório. O escriturário, então, alertou o promotor local, que encaminhou o caso a um juiz do tribunal de família.
O tribunal decidiu que tal nome era poderia causar " zombaria ou observações descorteses". Diante da decisão da justiça, o casal decidiu chamar a filhar de "Ella".
Segundo o jornal "Voix du Nord", citado por reportagem do jornal "The Guardian", esse não foi o primeiro caso de pais que tentam registrar seus filhos com nomes pouco usuais.
Na mesma região, um casal quis dar o nome de "Fraise" a sua filha, que significa morango, em português. Na ocasião, o pai disse que queria um nome diferente. No entanto, pelas mesmas razões que o nome "Nutella" foi proibido, a bebê passou a responder pelo nome de Fraisine, popular no século 19.

Nenhum comentário:

Postar um comentário