quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Carnaval em Itapecerica, MG, é cancelado por falta de água.

Carnaval em Itapecerica é cancelado por falta de água

Moradores da cidade afirmam estar sem água há três dias.
Outras cidades da região também cancelaram a festa.

 
Do G1 

ribeirão itapecerica (Foto: TV Integração/Reprodução)Ribeirão do Gama, onde água é captada, apresenta baixo nível 
(Foto: TV Integração/Reprodução)

Mais uma cidade cancelou o carnaval por conta do período de estiagem que atinge a região Centro-Oeste. Foi decidido há pouco o cancelamento da tradicional festa de Itapecerica. Em alguns pontos, a população está água há pelo menos três dias. Além de Itapecerica, São Gonçalo do Pará, Formiga, Oliveira e Arcos também cancelaram a festa.
O produtor rural Getúlio Ribeiro trabalha na roça, mas mora na cidade. Ele conta que as latas que antes carregava para transportar leite agora são usadas para transportar água. "Eu vinha da roça e me encontrei com caminhonetes buscando água na roça. Todos estão fazendo isso", disse.
Na casa do administrador de empresas Igor José de Melo, o relógio que registra a entrada fica praticamente parado e pouca coisa chega até o reservatório. Ele mostra receio, já que não sabe até quando terá água. “A gente já começa a ver o trânsito de veículos puxando água e isso é preocupante. Causa uma sensação de pânico em todo mundo", afirmou.
Em Itapecerica a captação da água bruta que abastece a cidade é feita no Ribeirão do Gama. O local aparenta estar abandonado e a infraestrutura apresentada é precária. Além disso, o nível da água está baixo. Situação que pode comprometer a realização do Carnaval da cidade, um dos mais tradicionais de Minas Gerais.

Estação onde água é captada parece abandonada
(Foto: TV Integração/Reprodução)
Estação onde água é captada parece abandonada (Foto: TV Integração/Reprodução)Medida

Por causa da falta de água, o Ministério Público recomendou para a Prefeitura de Itapecerica que não realize o Carnaval de rua este ano. Porém, a medida tem causado polêmica na cidade. "Itapecerica tem um dos melhores carnavais da região. Acho que deveria ter, mas quem faz o carnaval é o povo", disse a professora Sandra Helena Vieira.

"Acho melhor não ter, pelo fato da falta de água. Creio que a prioridade seja a água", opinou o autônomo Túlio Sales de Melo.
Para conseguir regularizar o fornecimento a prefeitura furou alguns poços, mas as bombas não foram instaladas. Enquanto isso, alguns moradores estão usando água de minas para ter até o que beber em casa. "Sem essa água, impossível. Nem todo mundo tem água mineral, e é ela quem realmente salva a nossa casa", conta a dona de casa Janete Rodrigues.
Em nota, a Copasa informou que desde segunda-feira (19) estão sendo feitas manobras para minimizar o impacto na distribuição de água nos momentos de maior consumo e que faz uma avaliação técnica para a ativação de dois novos poços artesianos para reforçar o abastecimento.
O secretário de Gestão não foi encontrado para falar sobre as bombas que ainda não foram instaladas nos poços que já existem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário