sábado, 27 de dezembro de 2014

Quatro em cada dez casos de câncer podem ser evitados.

Quatro em cada dez casos de câncer podem ser evitados

Pesquisa britânica verificou que, só na Inglaterra, 600.000 casos da doença poderiam ser evitados com hábitos saudáveis, como dieta balanceada e consumo moderado de álcool

 

álcool e cigarro
Estilo de vida: tabagismo e consumo de álcool estão associados ao câncer 
(Thinkstock/VEJA)


De cada dez casos de câncer, quatro poderiam ser evitados nos últimos cinco anos se as pessoas seguissem um estilo de vida mais saudável, de acordo com números do Cancer Research UK, um grande estudo sobre o câncer na Inglaterra, divulgados nesta sexta-feira. Em números absolutos, 600.000 casos de câncer poderiam ter sido evitados no mesmo período no país.
Após uma revisão de estudos recentes sobre o assunto, os pesquisadores concluíram que o tabagismo é o fator de risco que mais leva ao câncer, com mais de 314.000 casos da doença na Inglaterra ligados ao vício. Em seguida vem a má alimentação, como consumo exagerado de sódio, carne processada e pouca ingestão de vegetais, frutas e fibras. Esse fator de risco ocasionou 145.000 casos da doença.
A instituição também atenta para a necessidade de ingerir bebidas alcoólicas moderadamente — o consumo exagerado causou mais de 62.000 casos de câncer. Além disso, usar protetor solar diariamente, evitar o sobrepeso e praticar exercício físico regularmente ajudam a afastar a doença.

“Pesquisas ao redor do mundo apontam cada vez mais para os mesmos fatores de risco. Certas escolhas no estilo de vida podem ter um grande impacto no risco de câncer”, afirma Max Parkin, pesquisador do Cancer Research UK. “Esse fim do ano é um bom momento para pensarmos em começar a praticar hábitos saudáveis em 2015 e, assim, evitarmos o desenvolvimento de um câncer.”

(Da redação de VEJA.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário