sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Lutador morre após levar joelhada no queixo em aula de muay thai.

Lutador morre após levar joelhada no queixo em aula de muay thai no DF

Homem tinha 30 anos e entrou em coma após golpe em academia.
Família diz que colega que o acertou era amigo; polícia apura caso.

 
Natalia Godoy  
Do G1 

Um homem de 30 anos morreu nesta quinta-feira (11) após ficar em coma por três dias por ter levado uma joelhada no queixo durante uma aula da luta oriental muay thai em uma academia do Distrito Federal. A 13ª Delegacia de Polícia, que fica em Sobradinho, investiga o caso e trabalha com a hipótese de acidente.
Segundo um tio que não quis se identificar, Emerson Rafael Santos de Oliveira sentiu fortes dores e foi levado já inconsciente ao hospital regional. Lá, ele teve uma parada cardíaca e entrou em coma. A transferência para o Base ocorreu horas depois. Na tarde desta quinta foi constatada a morte cerebral do homem, por causa de um traumatismo craniano.
O G1 procurou a família, que não quis dar entrevista. Os familiares se limitaram a dizer que o lutador que acertou Oliveira era amigo dele e que o golpe foi uma fatalidade.
As primeiras informações obtidas por meio da investigação, de acordo com o delegado Udson Maldonado, trazem a mesma impressão. Ele disse que tudo indica que o golpe foi acidental,  "dentro das regras do próprio esporte".
A reportagem também procurou a academia, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. A academia estava fechada na manhã desta sexta, em luto pelo aluno.


Doação de órgãos

A família de Oliveira decidiu doar os órgãos dele após a constatação da morte cerebral porque afirma que essa era uma vontade dele. Nesta manhã, o corpo foi transferido do Hospital de Base para o Instituto de Cardiologia.
A cirurgia para retirada do coração, fígado, rins e córneas começou a ser feita por volta das 10h. Três receptores com tipos sanguíneos compatíveis ao da vítima aguardavam no instituto para receber o transplante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário