sábado, 13 de dezembro de 2014

Homens com muita testosterona preferem pratos picantes.

Homens com muita testosterona preferem pratos picantes

Resultado corrobora relação entre testosterona e tomada de riscos.
Participantes receberam prato de purê que podiam temperar livremente.

 
Da France Presse

Produtor rural de Goiás ensina como preparar conserva de pimentas (Foto: Reprodução/TV Anhanguera) 
Estudo revelou que, quanto maior o nível de testosterona, mais picante o homem prefere seus pratos (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)


Os homens com um nível alto de testosterona preferem os pratos picantes, segundo um estudo francês que será publicado na revista "Physiology and Behavior".
Um total de 114 homens de 18 a 44 anos que vivem em Grenoble, no sudeste da França, participaram do estudo chamado "Some like it hot", no qual provaram vários alimentos.

Depois de testar seu nível de testosterona, os participantes precisaram classificar de 1 a 4 vários alimentos picantes e salgados. Depois receberam um prato de purê com 50 doses de molho picante Tabasco e 80 doses de sal.
Os participantes, que podiam temperar livremente seu prato, tinham que indicar se ele estava salgado, picante, farinhento, cremoso, etc.
Os resultados demonstraram uma correlação entre o nível de testosterona dos participantes e o número de doses de pimenta que colocavam no prato.
"Estes resultados corroboram outros estudos, que demonstram a relação entre a tomada de riscos financeiros, sexuais e de comportamento e a testosterona. Neste caso, a relação se aplica à tomada de riscos gustativos", explicou Laurent Bègue, um dos autores da pesquisa e professor de psicologia social da universidade Pierre-Mendès-France de Grenoble.
A testosterona, alvo de mais de 85 mil estudos, foi descrita pelo professor americano James Dabbs como o hormônio "dos heróis, dos vilões e dos amantes".
Segundo Laurent Bègue, este hormônio incita a se relacionar com "grupos sociais mais estimulantes e, consequentemente, a assumir mais riscos em domínios diferentes".
"Também é possível que o consumo regular de alimentos picantes contribua para aumentar o nível de testosterona, embora até agora isso só tenha sido demonstrado em roedores", afirmou o pesquisador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário