quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Etíopes quebram o favoritismo dos quenianos e vencem São Silvestre.

Etíopes quebram o favoritismo dos quenianos e vencem São Silvestre


Dawit Admasu, da Etiópia, vence a prova masculina da 90ª Corrida Internacional de São Silvestre, realizada em São Paulo

Dawit Admasu, da Etiópia, vence a prova masculina da 90ª Corrida Internacional de São Silvestre, realizada em São Paulo - Heitor Feitosa/VEJA.com


Este ano, a Etiópia deixou a Quênia para trás na tradicional Corrida de São Silvestre, em São Paulo. Na prova masculina, o etíope Dawit Admasu foi o vencedor com o tempo de 45min04s. Stanley Kooch, do Quênia, e Fabiano Naasi, da Tanzânia, subiram ao pódio no segundo e terceiro lugar, respectivamente. O brasileiro Giovani dos Santos ficou na cola dos africanos nos 15 km da prova, porém se distanciou no final, terminando a corrida em quinto lugar. 
Já entre as mulheres, Ymer Ayalew interrompeu um domínio das atletas quenianas, que haviam vencido as cinco edições anteriores da prova feminina. Netsanet Kebede, também da Etiópia, ficou em segundo lugar. A campeã queniana de 2011, Priscah Jeptoo, ficou com a terceira posição. Ymer já havia vencido a São Silvestre, no ano de 2008, e completou o percurso de 2014 em 50min43s. Entre as mulheres, nenhuma brasileira ficou entre as cinco primeiras posições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário