quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Aeromoça alega que foi demitida por companhia por ser sexy demais.

Aeromoça alega que foi demitida por companhia turca por ser sexy demais

Zuhal Sengul trabalhava na Turkish Airlines.
Ela perdeu o emprego após posar para fotos de biquíni.

 
Do G1

Uma aeromoça alega que foi demitida pela companhia turca Turkish Airlines por ser sexy demais. Zuhal Sengul, de 31 anos, foi afastada depois que ela posou de biquíni para uma sessão de fotos para uma revista italiana.

Zuhal Sengul alega que foi demitida por ser sexy demais (Foto: Reprodução/Facebook/Zuhal Sengul) 
Zuhal Sengul alega que foi demitida por ser sexy demais 
(Foto: Reprodução/Facebook/Zuhal Sengul)
 

Um porta-voz da companhia aérea disse que a comissária de bordo violou as regras da empresa ao posar em trajes mínimos para a revista. Segundo ele, a Turkish Airlines espera que os funcionários respeitem certos padrões e qualidades.
No entanto, para o presidente do sindicato de trabalhadores da companhia aérea, a decisão mostra uma mudança que pela qual passa a Turquia, no qual os valores conservadores e religiosos estão cada vez mais em voga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário