quinta-feira, 20 de novembro de 2014

'Viúva negra' com sete parceiros mortos é presa.

'Viúva negra' com sete parceiros mortos é presa no Japão

Polícia achou cianeto no corpo do último marido, morto em 2013.
Chisako Kakehi recebeu US$ 6,8 milhões em herança e seguro em 20 anos.

 
Da AP

A japonesa Chisako Kakehi, presa suspeita da morte de sete homens com quem se relacionou nos últimos 20 anos, é vista em foto de março deste ano (Foto: Kyodo News/AP) 
A japonesa Chisako Kakehi, presa suspeita da morte de sete homens com quem se relacionou nos últimos 20 anos, é vista em foto de março deste ano (Foto: Kyodo News/AP)
 
 
A polícia japonesa prendeu nesta quarta-feira (19) uma mulher de 67 anos acusada de ter assassinado seu marido, um dos sete homens que morreram nos últimos 20 anos após terem relacionamentos com ela. A mulher vem sendo chamada pela imprensa e autoridades locais de “viúva negra”.
A polícia inspecionou a casa de Chisako Kakehi em Kioto e um apartamento da mulher em Osaka nesta quinta-feira (20) em busca de traços de veneno.  Investigadores confiscaram cápsulas e pastilhas usadas para embalar medicamento em pó, assim como livros sobre drogas.
Ela negou o envolvimento nas mortes.
Chisako foi presa após a polícia encontrar traços de cianeto no corpo de seu marido de 75 anos, de acordo com a imprensa local. Eles haviam se casado um mês antes de sua morte, em dezembro de 2013.
Segundo as investigações, a mulher já havia se casado três vezes antes e tido relacionamento com outros três homens nos últimos 20 anos – todos morreram dentro de poucos anos do início dos relacionamentos.
Também foram encontrados traços de cianeto no sangue de um de seus parceiros que morreu em 2012, um homem de 72 anos, segundo a agência Kyodo. Sua morte foi inicialmente atribuída a um problema cardíaco.
Segundo a mídia local, a mulher pode ter matado seus parceiros em busca de herança e dinheiro de seguros de vida. Chisako foi a beneficiária de um total de US$ 6,8 milhões nas últimas duas décadas, segundo a Jiji Press – valores vindo de seguros e outros bens que ela recebeu após a morte dos homens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário