sábado, 22 de novembro de 2014

Trabalhadores encontram imagem de santa 'milagrosa' em fundo de rio em Divinópolis, MG.

Trabalhadores encontram imagem de santa 'milagrosa' em fundo de rio

Equipe retirava aguapés quando encontrou objeto em Divinópolis.
Homem se salvou de afogamento durante trabalho, dizem funcionários.

 
Do G1

Imagem de santa foi colocada às margens do rio (Foto: Aline Fonseca/G1) 
Imagem de santa foi colocada às margens do rio (Foto: Aline Fonseca/G1)
 
 
Trabalhadores que realizavam a retirada de aguapés do Rio Itapecerica, em Divinópolis, foram surpreendidos durante a manhã desta sexta-feira (22). No meio das plantas, eles encontraram uma imagem de santa. A estátua é feita de madeira e tem 80 centímetros de altura. Apesar da poluição do rio, parece conservada.
De acordo com uma antiga tradição católica, quando uma santa quebra, deve ser jogada em água corrente. Talvez esse tenha sido o motivo da imagem estar no fundo do Itapecerica. A figura está sem um dos braços. "Eu não sei precisar qual tipo de madeira, mas a imagem da santa está em perfeito estado", disse o motorista Andersen Sousa, que trabalha na limpeza do rio.
A imagem recebeu o nome de Santa do Itapecerica. Algumas pessoas já atribuem graças a ela. A imagem teria salvo um dos operários que trabalham na limpeza do rio. "O que aconteceu foi que o rapaz estava na margem do rio empurrando os aguapés e chegou a cair dentro do rio. Só que ele caiu e voltou e não sabia nadar. Os colegas de trabalho tiraram ele do rio e o levaram para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ele está bem", acrescentou o motorista.
Por esse motivo, a imagem ficará com os trabalhadores até que termine a retirada dos aguapés. "A imagem vai continuar às margens do rio. Populares pediram que seja feita uma capela para ela", disse o comerciante Alexandre Laredo.


Limpeza do rio

O trabalho de retirada de aguapés do rio Itapecerica é lento. Um barco empurra as plantas para a margem. Uma retroescavadeira completa o serviço. É preciso muito trabalho para livrar a superfície da água das plantas.  Por dia, são retirados em média 50 caminhões carregados delas, segundo a Prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário