quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Quadrilha é presa suspeita de sequestrar e torturar menor em Divinópolis, MG.

Quadrilha é presa suspeita de sequestrar e torturar menor em MG

Suspeitos são dono e internos de clínica de reabilitação em Divinópolis.
Um dos presos disse que queria se vingar da vítima que roubou filho dele.

 
Bárbara Almeida 
Do G1 

Quadrilha presa suspeita de sequestrar e torturar adolescente em Divinópolis (Foto: TV Integração/Reprodução)Grupo foi localizado pela PM na MG-050
(Foto: TV Integração/Reprodução)

Três homens e dois jovens foram presos suspeitos de roubar, sequestrar e torturar um adolescente de 17 anos nesta quarta-feira (5) em Divinópolis. Segundo a Polícia Militar (PM), a quadrilha sequestrou a vítima no Centro da cidade, a colocou em um carro e fugiu sentido Bairro Quintino. Durante a fuga os militares receberam denúncias e abordaram o veículo na MG-050, onde foi realizada a prisão do grupo. A vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.
Os militares informaram que testemunhas viram o momento em que a quadrilha sequestrou o adolescente. Após denúncias, a PM fez rastreamentos e localizou um veículo em alta velocidade na MG-050. Houve perseguição e durante a fuga o grupo jogou um objeto na rodovia. Os militares suspeitam que seria uma arma de fogo, mas nada foi encontrado. A PM informou que uma motocicleta seguia o carro dos suspeitos, mas ao perceber a presença dos militares o condutor fugiu.
De acordo com a PM, um dos presos, de 35 anos, é dono de uma clínica de reabilitação para dependentes químicos. Ele confessou que sequestrou o adolescente, torturou e roubou o celular dele, alegando que a vítima roubou a bicicleta do filho dele, de 15 anos, e queria se vingar do adolescente. Os outros presos são internos em tratamento na clínica.
Ainda de acordo com a PM, o grupo espancou a vítima e a colocou no banco de trás do veículo. O adolescente apresentava lesões nas costas, hematomas nos olhos e no rosto e foi encaminhado para a UPA, que informou que ele foi medicado e liberado. A vítima tem passagens por roubo e envolvimento com drogas. A reportagem entrou em contato com o Conselho Tutelar que informou que não foi acionado.
A PM informou que todos foram presos e encaminhados para delegacia de Polícia Civil de Divinópolis, juntamente com o celular da vítima. O carro utilizado pelo grupo foi apreendido e levado para o pátio credenciado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Nenhum comentário:

Postar um comentário