segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Morte de mais de cem cães e gatos gera protestos.

Morte de mais de cem cães e gatos gera protestos em cidade do RS

Caso ocorreu nos últimos dias na cidade de Bom Jesus, na Serra gaúcha.
Mistério mobilizou cerca de 150 pessoas, que fizeram um protesto.

 
Do G1

 

Um mistério envolvendo animais na cidade de Bom Jesus, na Serra do Rio Grande do Sul, gerou protesto e foi parar na polícia. Desde quinta-feira (20), mais de cem cachorros e gatos foram encontrados mortos pelas ruas da cidade, como mostra a reportagem do Teledomingo da RBS TV.
O caso mobilizou cerca de 150 pessoas, que fizeram um protesto neste domingo (23) pelas ruas da cidade. Nos cartazes, os manifestantes pediam punição aos responsáveis pela matança. "Realmente esperamos que os culpados sejam apontados e respondam por esse massacre ocorrido contra esses animaizinhos indefesos", disse o empresário Micael Andreatta, que participou do ato.
Segundo a polícia, os animais foram morrendo de forma rápida. Dois veterinários, contratados pela investigação, comprovaram o envenenamento. "Nós somos também em busca das imagens para que a gente possa talvez identificar veículos suspeitos para que a gente possa chegar ao autor deste fato", pondera a delegada Thalita Andrich.
A maioria dos animais encontrados mortos vivia na rua. Mas os moradores estão apreensivos e quem tem cães dentro do pátio de casa redobrou o cuidado. “Eu cheguei ao extremo, porque eu não me arrisco mais e deixar nem no pátio", desabafou o auxiliar de engenharia Paulo Pacheco, que cria labradores há 15 anos e agora deixa que os animais durmam na cama dele.
Os animais mortos foram recolhidos pela prefeitura e enterrados em um terreno em um lixão na cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário