segunda-feira, 3 de novembro de 2014

'Matei a professora para ter vida boa na cadeia', diz aluno.

'Queria ser preso para não me preocupar mais com a vida', afirma jovem que matou professora

Centenas de pessoas prestam homenagem à professora assassinada (Reprodução/Daily Mail) 
Centenas de pessoas prestam homenagem à professora assassinada (Reprodução/Daily Mail)

Um adolescente de 16 anos foi condenado a passar pelo menos 20 anos na cadeia após assassinar sua professora em Leeds Crown, na Inglaterra. A polícia divulgou nesta segunda-feira (3) mensagens encontradas no Facebook do garoto que disseminavam ódio contra Ann Maguire.

"Ela [professora] é uma completa desgraçada e merece muito mais do que a própria morte. Merece mais do que a dor e muito mais do que qualquer coisa que nós possamos compreender", afirma o adolescente em uma das mensagens encontradas pelos policiais.

O crime que chocou a cidade inglesa foi julgado e, na condenação, o juiz afirmou que "apesar da sentença mínima de 20 anos, talvez o dia da liberdade do jovem nunca chegue". Por motivos legais, o nome do adolescente não pode ser divulgado.

Ainda nas mensagens encontradas pela polícia, o jovem afirma que quer assassinar a professora e ser preso por isso. De acordo com ele, "ser preso é bom para que ele não precise mais se preocupar com a vida ou ganhar dinheiro".

"Eu queria ser preso, por isso assassinei uma professora no colégio. Eu sabia que seria preso", afirmou o adolescente em entrevista com um psicólogo antes do julgamento.

O garoto assassinou Maguire, de 61 anos, dentro da sala de aula, após atacá-la por trás enquanto ela corrigia a lição de uma colega. Testemunhas afirmam que ele sequer mudou sua expressão facial enquanto a golpeava com uma faca de cozinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário