terça-feira, 21 de outubro de 2014

Professora de Santo Antônio do Monte, MG, é selecionada em prêmio.

Professora de Santo Antônio do Monte é selecionada em prêmio

Educador Nota 10 foi realizado pela Fundação Victor Civita e a Globo.
Prêmio tem como objetivo promover as iniciativas pedagógicas.

 
Do G1
 
Professora ficou entre os 20 selecionados do Prêmio (Foto: Reprodução/TV Integração)Professora ficou entre os 20 selecionados do prêmio (Foto: Reprodução/TV Integração)

Uma professora de Santo Antônio do Monte, no Centro-Oeste de Minas, ficou entre os finalistas da 17ª edição do Prêmio Educador Nota 10. Ana Cláudia Santos foi reconhecida na lista dos 20 educadores selecionados do ano e recebeu a premiação nesta segunda-feira (20), em São Paulo (SP). O prêmio é realizado pela Fundação Victor Civita, em parceria com a Globo e com a Fundação Roberto Marinho. Os selecionados foram contemplados com um tablet.
O prêmio tem como objetivo promover as iniciativas pedagógicas de professores, diretores, coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais de escolas públicas e particulares. São ideias que mostram a importância da aprendizagem de crianças e jovens e como despertar o prazer pelo conhecimento.
Mais de 3.500 inscrições de educadores de todo o país foram realizadas. A região Sudeste foi a que registrou o maior número de inscritos: 1.596 participantes. O estado com mais representatividade foi São Paulo (801), seguido por Minas Gerais (423), Rio de Janeiro (290) e Espírito Santo (82).
Para selecionar os ganhadores, a Fundação Victor Civita avaliou a adequação entre os objetivos, as ações desenvolvidas e as aprendizagens alcançadas pelos alunos.
Ana Cláudia vem desenvolvendo um projeto na Escola Estadual Padre Paulo, em Santo Antônio do Monte, que incentiva o uso da língua portuguesa de acordo com cada situação. "A intenção é explorar as variações linguísticas, adequar a situação comunicativa e incentivar os alunos a serem autores das próprias histórias", disse. 
Segundo ela, os alunos escreveram histórias e depois foi feita uma coletânea com os causos para um livro eletrônico. Ana Cláudia contou que o projeto contribuiu para o desempenho dos estudantes.
No ano passado, a grande vencedora do prêmio foi a professora Elisangela Carolina Luciano, professora de Mogi Guaçu (SP), que desenvolveu um projeto de alfabetização com a turma de 1º ano na EMEF Adirce Cenedeze Caveanha em um mercado hortifruti.
Já o "Educador do Ano de 2014" foi a professora de educação infantil de Joinville (SC), Paula Aparecida Sestari. Paula desenvolveu um trabalho chamado de “Baía da Babitonga: nosso berçário natural”. Ela fez com que as crianças conhecessem mais sobre o manguezal e os animais que vivem próximo a escola.
Com a ajuda dos pais e da direção da escola, os alunos fizeram um passeio de escuna onde conheceram a Baía da Batitonga, lugar em que o mar e o rio, que passa atrás da escola, se encontram. A partir daí, foi feito um mirante na unidade de educação para os estudantes continuarem a observação do local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário