terça-feira, 7 de outubro de 2014

Prefeito convoca reunião em Formiga após nova queda na captação de água.

Prefeito convoca reunião em Formiga após nova queda na captação de água

Representantes da Emater e policiais participaram da reunião.
Prefeitura começou a analisar a possibilidade de suspender aulas.

 
 Thulio Oliveira Do G1

 
Reunião Saae Formiga, MG (Foto: Prefeitura/Divulgação)Reunião de emergência foi convocada pelo prefeito
(Foto: Prefeitura de Formiga/Divulgação)

O nível de captação de água caiu ainda mais nesta segunda-feira (6) em Formiga, segundo o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). O nível já tinha caído na sexta-feira (3), quando a vazão chegou aos 115 litros por segundo. Nesta segunda, chegou aos 100 litros por segundo. Ney Araújo, diretor do Saae, disse que a situação é preocupante. Para discutir o assunto, o prefeito Moacir Ribeiro convocou uma reunião de emergência. A possibilidade de suspender aulas começou a ser analisada pela Prefeitura. 
Além da direção do Saae, participaram representantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) e comandantes da Polícia Militar Ambiental (PMA) e Polícia Militar (PM). Um dos pontos discutidos foi o que fazer em relação aos produtores que retiram água do Rio Formiga acima da captação para irrigação. Ficou decidido que a Polícia Ambiental iniciará nos próximos dias uma fiscalização nas propriedades rurais. A proposta é que seja, também, uma ação de orientação.
“A Prefeitura entende a situação dos produtores, mas também entende que a cidade pode ter um problema de abastecimento caso isso não seja acordado. Nos próximos dias a PMA irá fazer uma fiscalização desses produtores”, explicou o assessor da Prefeitura, Flávio Roberto Pinto.
Ainda de acordo com Flávio, uma reunião será realizada ainda nesta semana para firmar um acordo com os produtores rurais. “A Prefeitura irá convocar os produtores rurais para firmar um termo de compromisso para utilização do mínimo de água possível nas irrigações e iremos fazer fiscalizações”, afirmou.
Para tentar conter o consumo, a Prefeitura começou a estudar a suspensão das aulas. Uma reunião entre o prefeito e a Promotoria de Justiça também está programada.
De acordo com o diretor do órgão, Ney Araújo, a situação é preocupante. Ele afirmou que poços artesianos estão secando pela falta de chuvas. Ele ainda afirma que 16 bombas já queimaram em poços do Saae, pois não havia água para bombear.


Queda

Saae emite alerta em Formiga, MG (Foto: Saae/Divulgação)Nível de captação é o menor da história, segundo
o Saae (Foto: Saae/Divulgação)
 
A situação tem chamado atenção desde setembro, quando o Saae emitiu um alerta para o desperdício de água. Um racionamento no fornecimento de água foi feito por causa da queda do nível da barragem e o aumento do consumo. Reparos de vazamentos na rede e fiscalização do uso da água também foram realizados.
Na última sexta-feira, a vazão da água havia atingido o menor nível da história do Saae, diminuindo para 115 litros por segundo. 


Ações para conscientização

Várias medidas já foram tomadas para garantir o fornecimento de água do órgão, incluindo campanhas de conscientização.
O Saae também criou o “Fala Cidadão”, que permite a população da cidade entrar em contato com o órgão. A ferramenta foi disponibilizada no site do Saae para permitir que as pessoas façam denúncias, sugestões ou críticas e visa modernizar os serviços da empresa.
Por causa do desperdício de água, mais de 500 notificações já foram feitas. 
Ainda de acordo com o assessor Flávio Roberto Pinto, quem não cumprir com as regras impostas, pode ter o fornecimento interrompido. “Primeiro notificamos essa pessoa. Se ela descumprir a medida, ela é multada, mas caso insista neste desperdício, o Saae irá cortar o fornecimento de água”, afirmou.
A Secretaria de Gestão Ambiental, em parceria com a Valor Logística (VLI), está trabalhando na recuperação de nascentes.
O Saae também adotou o racionamento de água.


Confira a escala de racionamento:

Segunda e quinta, das 8h às 20h - Sistema Engenho de Serra e Sistema Santa Luzia
Bairros Engenho de Serra e Santa Luzia
Terça e sexta, das 8h às 20h - Sistema Cristo e Centro
Bairros Santa Tereza, Bom Pastor, Cidade Serra, Sagrado Coração de Jesus, Centro e Quartéis.
Quarta e sábado, das 8h às 20h - Sistema Novo Horizonte e Sistema Picolé
Bairros Novo Horizonte, Bela Vista, Areias Brancas, Centenário, Santo Antônio, Ouro Negro, São Sebastião, Nossa Senhora Aparecida, São Luiz, Explanado do Castelo, Eldorado, Vila Didi, Souza e Silva, Elza Dinorah e Água Vermelha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário