quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Pai é detido suspeito de matar filha de 1 ano e 6 meses em Pompéu, MG.

Pai é detido suspeito de matar filha de 1 ano e 6 meses em Pompéu

Mãe disse para a polícia que companheiro arremessou filha contra parede.
Criança morreu nesta terça-feira (28), após crise vômitos em hospitais.

 
Ricardo Welbert 
Do G1 


A Polícia Civil de Pompéu investiga a morte de uma criança de um ano e seis meses. O pai dela, de 36 anos, é o principal suspeito. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Noronha, a menina deu entrada no pronto-atendimento da cidade no último dia 23 de outubro com vômitos, mas nesta terça-feira (28) voltou a passar mal e foi encaminhada ao pronto-atendimento de Sete Lagoas, onde morreu.
O corpo foi levado para Bom Despacho para exames que deverão apontar a causa da morte. Um laudo preliminar deve ficar pronto até o fim do dia.


Indícios

Durante a investigação, a polícia recebeu uma denúncia de que a criança teria sido agredida por alguém da família. Procurada, a mãe de 25 anos contou à polícia que uma semana antes havia discutido com o marido e que em um momento de fúria ele bateu nela e arremessou a filha contra a parede. Na ocasião, a criança teve ferimentos que se agravaram nos dias seguintes.
Ainda segundo a polícia, a mãe disse que não contou nada antes porque teve medo de apanhar do companheiro.
O suspeito já foi preso e é usuário de drogas. Ele passou a tarde na Delegacia de Polícia Civil em Pompéu e, conforme o delegado, foi expedido um mandado de prisão preventiva contra ele.
A reconstituição do crime está marcada para às 17h desta quarta-feira, na casa da família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário