sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Nos EUA, mulher usa traje caseiro para evitar ebola.

Mulher usa traje caseiro ‘anti-ebola’ em aeroporto e vira piada nos EUA

Passageira foi fotografada no Aeroporto Internacional de Dulles.
Voo de Thomas Eric Duncan, que morreu da doença, fez escala no local.

 
Do G1
 
Passageira improvisa traje 'anti-ebola' em aeroporto dos EUA (Foto: Reprodução/Twitter/Joe Henchman)Passageira improvisa traje 'anti-ebola' em
aeroporto dos EUA 
(Foto: Reprodução/Twitter/Joe Henchman)

Uma passageira fotografada no Aeroporto Internacional de Dulles, nos Estados Unidos, virou piada na internet graças ao seu improvisado traje “anti-ebola”. A mulher, não identificada, teve sua imagem divulgada pelo site do jornal “The Daily Center” na quarta-feira (15).

Sentada na área de embarque e lendo, ela aparece com um conjunto branco, de mangas compridas, coberto por uma espécie de macacão de plástico azul, mas com o rosto protegido apenas por uma máscara simples. Ela também veste luvas de borracha, mas deixa uma parte dos braços exposta.

Joe Henchman, que enviou a foto ao jornal, também a reproduziu em seu perfil no Twitter, com a legenda “Senhora simplesmente relaxando em Dulles com seu traje de proteção feito em casa”. Nos comentários do post, alguns questionam a exposição dos pulsos e outros brincam, perguntando se aquilo é uma capa de chuva, dizendo que irão copiar o traje em uma próxima viagem ou sugerindo o modelo como fantasia para o Halloween.

O aeroporto internacional de Dulles, próximo a Washington, foi ponto de escala de Thomas Eric Duncan, o liberiano que morreu no dia 8 de outubro, vítima do primeiro caso de ebola diagnosticado nos Estados Unidos. Agentes de saúde, no entanto, descartam qualquer risco de contaminação, já que ele não apresentava nenhum sintoma quando passou pelo local, vindo da Libéria e a caminho do Texas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário