terça-feira, 14 de outubro de 2014

Homem tenta fugir de presídio vestido de mulher.

Homem tenta fugir de presídio vestido de mulher no AC

Edir da Costa usava peruca, calça legging e até sutiã com enchimento.
Preso tentava fugir passando-se por visitante.

 
Caio Fulgêncio  
Do G1 
 
Para a fuga, Edir da Costa, de 32 anos, usava peruca, calça legging, sandália, sutiã com enchimento e unhas pintadas, diz diretora da unidade (Foto: Iapen) 
Para a fuga, Edir da Costa, de 32 anos, usava peruca, calça legging, sandália, sutiã com enchimento e unhas pintadas, diz diretora da unidade (Foto: Iapen)
 
 
O presidiário Edir da Costa, de 32 anos, tentou fugir do Presídio Francisco d'Oliveira Conde, em Rio Branco, de uma maneira inusitada. Após o período de visita na Unidade de Regime Fechado I, no domingo (12), o preso se vestiu de mulher com o intuito de deixar o local juntamente com outros visitantes.
De acordo com a diretora da unidade, Jandira Bandeira, o preso usava peruca, calça legging, sandália de dedo, camiseta de malha e sutiã com enchimento. As unhas também estavam pintadas de vermelho. Apesar do esforço, ele não conseguiu sair da unidade, porque o chefe da equipe de agentes penitenciários, que estava de plantão, o identificou.
"Edir saiu junto com as outras pessoas no término da visita. Ele era do alojamento 5 e, quando estava saindo, o chefe da equipe desconfiou e já o parou, no mesmo instante. Ele nem chegou a sair de dentro da unidade", explica.
Sobre os objetos utilizados para a fuga, Jandira afirma que uma investigação foi iniciada para averiguar a procedência. "Estamos investigando essas questões sobre o material que ele recebeu", diz.
Ainda no domingo, segundo a diretora, Edir da Costa foi transferido para Unidade de Regime Fechado Antônio Amaro, de segurança máxima. O preso cumpre pena por tráfico de drogas e, de acordo com o diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen), sofre sanção pela tentativa de fuga. "Ele terá sanção administrativa e responde criminalmente", finaliza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário