quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Ex-presidente do PSDB participou de esquema de corrupção da Petrobras, diz jornal.

Ex-presidente do PSDB participou de esquema de corrupção da Petrobras, diz jornal

O ex-diretor Paulo Roberto Costa durante sessão da CPI mista da Petrobras (Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado) 
 O ex-diretor Paulo Roberto Costa durante sessão da CPI mista da Petrobras 
(Foto: Geraldo Magela/ Agência)


De acordo com informações do jornal Folha de S.Paulo, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou ao Ministério Público Federal que Sérgio Guerra, ex-presidente do PSDB, recebeu propina para ajudar a esvaziar uma CPI criada para investigar a empresa em 2009. Guerra, à época, era senador por Pernambuco. Ele morreu neste ano, aos 66 anos, vítima de um câncer.

Em nota, o PSDB afirmou que defende que todas as acusações feitas pelo ex-diretor sejam apuradas e investigadas. Já Francisco Guerra, filho do ex-senador, limitou-se a afirmar que irá preservas o legado do seu pai "com muita honra".

Na última semana, Costa havia apontado que PT, PMDB e PP estavam envolvidos com esquemas de corrupção que atuou na estatal. De acordo com as testemunhas ouvidas pela Folha, o ex-diretor afirmou também que repassou o dinheiro de modo que ele chegasse ao senador do PSDB, mas não teve confimação se este recebeu os recursos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário