segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Chef mata e cozinha pedaços de namorada transexual.

Chef australiano mata e cozinha pedaços de namorada transexual

Cozinheiro de 28 anos se suicidou quando caso foi descoberto pela polícia.
Casal havia se mudado recentemente para área nobre de Brisbane.

 
Do G1
 
Marcus Volke se matou após ser descoberto pela polícia  (Foto: Reprodução/Facebook/Marcus Volke) 
Mayang Prasetyo foi assassinada pelo namorado 
(Foto: Reprodução/Facebook/Mayang Prasetyo)
 
 
Um cozinheiro australiano matou, cortou em pedaços e cozinhou partes de sua namorada, uma prostituta transexual indonésia. O caso foi descoberto quando a polícia foi chamada para verificar um cheiro ruim relatado por vizinhos. Os agentes ficaram chocados ao ver pedaços de Mayang Prasetyo cozinhando numa panela sobre o fogão.

Marcus Volke se matou após ser descoberto pela polícia (Foto: Reprodução/Facebook/Marcus Volke)Marcus Volke se matou após ser descoberto pela
polícia (Foto: Reprodução/Facebook/Marcus Volke)

Marcus Volke, de 28 anos, fugiu e se escondeu num contêiner de lixo, onde foi encontrado morto. Ele teria cortado o próprio pescoço na noite de sábado (3). O casal tinha se mudado recentemente para uma área luxuosa de Brisbane.
Investigações mostraram que Mayang Prasetyo vinha divulgando anúncios em diferentes localidades da Austrália como acompanhnte.

O ministério de Relações Exteriores indonésio informou que o casal se conheceu quando trabalhou num navio de cruzeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário