quinta-feira, 2 de outubro de 2014

América-MG contrata advogado do Fluminense e tem pena reduzida.

América-MG contrata advogado do Fluminense e tem pena reduzida

STJD diminuiu pena do clube de 21 pontos perdidos para apenas seis por escalação irregular

 

Mário Bittencort, vice de futebo e advogado do Fluminense
Mário Bittencort, vice de futebo e advogado do Fluminense (Roberto Filho/Fotoarena)


O Superior Tribunal de Justiça Desportiva mudou nesta quinta-feira a punição dada ao América-MG pela escalação irregular de um atleta e reduziu drasticamente a pena do clube mineiro na Série B. Em vez de perder 21 pontos, como determinou o primeiro julgamento da Primeira Comissão Disciplinar, o América perdeu apenas seis e, assim, se livrou da zona do rebaixamento - agora, com 34 pontos, ocupa a 10ª colocação. Para o julgamento desta manhã, o clube mineiro teve a ajuda do advogado Mário Bittencourt, o mesmo que defendeu o Fluminense e o livrou do rebaixamento no ano passado. Bittencourt é vice-presidente de futebol do Fluminense, cargo que passou a ocupar depois do caso de rebaixamento da Portuguesa à Série B.

O América-MG foi julgado por escalar o lateral esquerdo Eduardo, que já havia atuado pela Portuguesa na Série B e, portanto, não poderia defender outro clube. Bittencourt convenceu os auditores do STJD que o América-MG deveria perder apenas os pontos referentes à partida contra o ABC, a única em que Eduardo atuou - ele foi relacionado para outras três, mas não saiu do banco de reservas. Desta forma, o clube foi punido com perda de três pontos pela escalação irregular e teve os pontos da vitória sobre ABC retirados. O advogado se baseou no artigo 46 do Regulamento Geral da Competição, que não computa como "atuações" as partidas em que um atleta esteja relacionado mas não entre em campo. Mas o o clube não escapou da multa, de 20.000 reais, mantida por unanimidade.
Na próxima rodada, o América-MG enfrenta o Atlético-GO. Em caso de vitória, o time mineiro pode entrar na briga pelas quatro primeiras posições, que dão acesso à Série A do Brasileirão. 
(Com agência Gazeta Press)

Nenhum comentário:

Postar um comentário