terça-feira, 23 de setembro de 2014

Pink Floyd anuncia primeiro álbum inédito em 20 anos e divulga trecho.

Pink Floyd anuncia primeiro álbum inédito em 20 anos e divulga trecho

'The endless river' sai dia 10 de novembro, anunciou banda nesta segunda.
Quase todo instrumental, disco traz 'Pink Floyd do século 21', diz guitarrista.

 
Da EFE
 
Capa de 'The endless river', do Pink Floyd (Foto: Divulgação)Capa de 'The endless river', do Pink Floyd 
(Foto: Divulgação)
O Pink Floyd anunciou nesta segunda-feira (22) que "The endless river", seu primeiro álbum de inéditas em duas décadas, será lançado em 10 de novembro. O material foi gravado antes da morte de Rick Wright. A banda divulgou um trecho curto do álbum em seu site oficial (clique para ouvir).
Para apresentar esse novo trabalho, que terá 18 músicas na maior parte instrumentais, a banda britânica revelou nesta segunda ilustrações da capa. Para criar este novo trabalho, os músicos fizeram uma seleção de canções inéditas que começaram a gravar na década de 90 e que agruparam em um CD. 
O álbum tem na capa a imagem de um jovem de costa com a camisa aberta, remando de pé em um pequeno barco em um mar de nuvens. A figura é baseada em umsonho de Ahmed Emad Eldin, um artista egípicio de 18 anos.
"The endless river" tem músicas modificadas que foram originalmente escritas e gravadas pelo guitarrista e cantor David Gilmour, o tecladista Rick Wright e o bateirista Nick Mason durante as sessões de gravação de 1994 para o trabalho "The division bell". Wright, que fundou o Pink Floyd com Syd Barrett, Nick Mason e Roger Waters, morreu de câncer em 2008.

O Pink Floyd durante a última apresentação do grupo, no Live 8, em Londres, em 2005 (Foto: AFP)Pink Floyd durante a última apresentação do grupo, no Live 8, em Londres, em 2005 
(Foto: AFP)
 
"Escutamos mais de 20 horas dos três (Gilmour, Wright e Mason) tocando juntos e selecionamos a música com a qual queríamos trabalhar para o novo álbum. Durante o último ano, acrescentamos partes novas, regravamos outras e, em geral, empregamos a tecnologia de estúdio para criar um álbum do Pink Floyd do século XXI", explicou Gilmour ao site do jornal "The Guardian".
Por sua vez, o baterista Nick Mason afirmou que "The Endless River" é um "tributo" a Richard Wright. "Acho que este álbum é uma boa maneira de reconhecer muito do que ele faz e como sua maneira de tocar estava no coração do som de Pink Floyd", declarou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário