quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Ossada encontrada em Confins não é de Eliza Samudio, diz Polícia Civil.

Ossada encontrada em Confins não é de Eliza Samudio, diz Polícia Civil

Exames feitos no IML apontam que os restos mortais eram de um homem.
Ossada estava perto do local onde buscas por corpo de Eliza foram feitas.

 
Do G1 


A ossada encontrada na rodovia LMG 800, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, não é de Eliza Samudio, segundo informou a Polícia Civil, nesta terça-feira (2).
De acordo com os exames feitos no Instituto Médico legal (IML), os restos mortais eram de um homem, ainda não identificado.
Ele teria 1,82 de altura e, aproximadamente, 45 anos de idade. Segundo a polícia, ainda ninguém apareceu para reclamá-lo.
Em 29 de julho, o material foi encontrado por trabalhadores de uma obra, quatro dias depois da polícia ter feito escavações próximas à região, em busca de indícios dos restos mortais de Eliza Samúdio.
Na ocasião, o primo do goleiro Bruno Fernandes [condenado pela morte de Eliza Samudio], Jorge Luiz Rosa, disse que o corpo da vítima teria sido enterrado no local. Nada foi encontrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário