quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Estado Islâmico quer matar papa Francisco, diz embaixador.

Estado Islâmico quer matar papa Francisco, diz embaixador


 
O papa Francisco tem sofrido ameaças e estaria entre os próximos alvos do Estado Islâmico (EI). Quem fez tais afirmações foi Habbed Al Sadr, embaixador do Iraque junto à Santa Fé.

"O autoproclamado Estado Islâmico foi claro: eles querem matar o Papa. As ameaças são reais. Quero deixar claro que não tenho nenhum conhecimento sobre os futuros planos dos terroristas. Mas a regra do Estado Islâmico é clara: ou a pessoa se converte à religião deles ou morre. Com o Papa, a morte seria a única opção que eles dariam", afirmou o iraquiano ao italiano La Nazione.

Essa não é a primeira ameaça do EI ao Ocidente nesta semana. Segundo fontes próximas à organização, a Casa Branca estaria entre os próximos alvos do grupo.

Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, respondeu com ceticismo à afirmação, afirmando que seu país "não teme o Estado Islâmico e nem o enxerga como uma ameaça real".

Nenhum comentário:

Postar um comentário