quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Arcebispo do Rio de Janeiro sofre assalto a mão armada.

Arcebispo do Rio de Janeiro sofre assalto a mão armada

Dom Orani acabara de celebrar uma missa e seguia para um debate na Rádio Catedral. Até seu anel cardinalício foi roubado

Dom Orani Tempesta faz oração
Dom Orani Tempesta faz oração (Yasuyoshi Chiba/AFP/VEJA) 

 
O cardeal Dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, foi assaltado na noite desta segunda-feira. De acordo com nota divulgada pela equipe do cardeal nas redes sociais, Dom Orani seguia do Centro de Formação do Sumaré em direção ao bairro da Glória, quando seu carro foi interceptado por três homens armados.
Rendidos, Dom Orani, seu motorista, um seminarista e um fotógrafo que os acompanhava foram obrigados a entregar seus pertences. Segundo o telejornal Bom Dia Rio, da TV Globo, foram roubados a cruz e o anel cardinalício do arcebispo. Até uma batina do seminarista foi levada.
Um assessor da Arquidiocese afirmou ao jornal que os bandidos reconheceram Dom Orani e chegaram a pedir desculpas – nada que os impedisse de efetuar o roubo. Alguns quilômetros à frente, porém, arrependeram-se e deixaram os objetos do cardeal na rua. Encontrados pela polícia, os pertences foram devolvidos a Dom Orani. O cardeal acabara de celebrar uma missa e seguia para a Rádio Catedral, onde era esperado para um debate entre os candidatos ao governo do Rio de Janeiro. Ele seguiu com os compromissos normalmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário