quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Al Qaeda anuncia nova "filial" na Índia.

Al Qaeda anuncia nova "filial" na Índia

Especialistas afirmam que grupo tenta recuperar imagem ofuscada pela ações do Estado Islâmico (EI)

 O chefe da Al Qaeda, Ayman al Zawahiri

O chefe da Al Qaeda, Ayman al Zawahiri (AFP/VEJA)


O chefe da Al Qaeda, Ayman al Zawahri, anunciou nesta quarta-feira a formação de uma filial na Índia do seu grupo terrorista que, segundo ele, vai ampliar o domínio islâmico e "levantar a bandeira da jihad" em todo o subcontinente.
Em um vídeo de 55 minutos, Zawahri disse que a nova força vai "esmagar as fronteiras artificiais" que dividem populações muçulmanas na região e renovou a lealdade ao líder afegão Talibã, mulá Omar.

Especialistas em segurança afirmam que a Al Qaeda vem perdendo terreno entre os grupos terroristas muçulmanos e sofrendo competição do Estado Islâmico (EI), que atua na Síria e no Iraque. O lançamento de uma nova filial parece indicar que a Al Qaeda quer recuperar o protagonismo na disputa por novos recrutas. 
Fundada por Osama bin Laden, que foi morto no Paquistão por soldados americanos em maio de 2011, a Al Qaeda tem reivindicado há bastante tempo a liderança dos jihadistas para restaurar um único califado em terras muçulmanas.
Zawahri descreveu a formação da "Al Qaeda no subcontinente indiano" como "uma boa novidade" para os muçulmanos "na Birmânia, Bangladesh, Assam, Gujurat, Ahmedabad e Kashmir" e que a nova filial reconhecerá a liderança do mulá Omar, que é procurado pelos EUA desde 2001. "É uma entidade que foi criada para reforçar o chamado do imã revivido, o xeque Osama bin Laden. Que Deus tenha misericórdia dele", disse Zawahiri.
(Com agências Reuters e France-Presse)

Nenhum comentário:

Postar um comentário