segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Toneladas de ossos em cemitério de São João del Rei são incineradas.

Toneladas de ossos em cemitério de São João del Rei são incineradas

Medida é para tentar resolver problema da superlotação.
Trabalho deve ser concluído até fim do próximo mês.

 
Do G1
 
Ossos são retirados de cemitério em São João del
Rei (Foto: Reprodução/TV Integração)
Retirada de ossada de cemitério de São João del Rei para incineração (Foto: Reprodução/TV Integração) Quatro toneladas de ossos foram retiradas dos ossários do cemitério municipal de São João del Rei, no Campo das Vertentes, para serem incineradas. A medida é para tentar resolver o problema da superlotação do material. Ainda segundo a Prefeitura, esta é a primeira vez que as ossadas são retiradas para incineração e que um novo espaço foi construído para atender a demanda do cemitério e as normas ambientais e sanitárias.
Antes da retirada, na última semana, não havia mais espaço em túmulos, gavetas e ossários para que novos enterros fossem feitos. Hoje o cemitério tem cerca de 2.000 sepulturas ocupadas. "O ossuário geral, principalmente, era a nossa preocupação, uma questão de saúde pública, de vigilância sanitária, de meio ambiente. A cidade veio para perto do cemitério, que está há quase 100 anos juntando ossos. Inclusive as gavetas que eram para sepultamento estavam guardando ossos", afirmou o coordenador do cemitério Lutero Castorino.
Para os ossários são levados os ossos retirados das gavetas após um período de cinco anos enterrados. A Secretaria de Serviço Social, responsável pelo cemitério, estima que há ainda 12 toneladas de ossos para serem retirados e incinerados. O trabalho deve ser concluído até o fim do próximo mês.
Uma empresa foi contratada para fazer a incineração. O material segue lacrado em um caminhão até a cidade de Iguatama (MG). "É documentada a chegada. Tudo isso será arquivado para futuras documentações, arquivo e para qualquer eventualidade", disse o coordenador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário