quinta-feira, 3 de julho de 2014

Viaduto desaba em Belo Horizonte e mata ao menos dois.

Viaduto desaba em Belo Horizonte e mata ao menos dois

Local do acidente fica a cerca de cinco quilômetros do estádio Mineirão, que recebe em 8 de julho, próxima terça-feira, um dos jogos das semifinais da Copa


O viaduto, que estava em construção desabou sobre parte de um ônibus, vários caminhões e um veículo que trafegava na Avenida Dom Pedro I, no bairro São João Batista, em Belo Horizonte

O viaduto, que estava em construção desabou sobre parte de um ônibus, vários caminhões e um veículo que trafegava na Avenida Dom Pedro I, no bairro São João Batista, em Belo Horizonte - Carlos Greco/Reuters

Um viaduto em construção caiu nesta quinta-feira na Avenida Pedro I, em Belo Horizonte. De acordo com a Secretaria de Saúde de Minas Gerais, pelo menos duas pessoas morreram e outras vinte e duas ficaram feridas. Nove feridos são atendidos no local, oito foram encaminhados ao Hospital Risoleta Tolentino Neves, na  Vila Clóris, e dois ao Hospital Municipal Odilon Behrens, no Centro. Segundo informações da Globonews, a estrutura esmagou dois caminhões, um micro ônibus e um carro. O acidente ocorreu próximo à Lagoa do Nado, na região da Pampulha. Oito viaturas dos Bombeiros foram enviadas ao local. 
Em entrevista à Globo News, o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Edgard Estevo afirmou que o resgate tem dificuldades para acessar o carro que está sob os escombros. “Precisamos estabilizar a área para ter acesso ao local com segurança e verificar qual a situação na parte de baixo [do viaduto]”, disse Estevo, referindo-se à possibilidade de outras partes da construção ruírem. Segundo ele, o responsável pelas obras garantiu que não havia ninguém nos dois caminhões atingidos pela estrutura e que nenhum funcionário ficou ferido. Além dos bombeiros, agentes da Defesa Civil e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estão no local para avaliar as condições da obra e atender as vítimas. 
O local do acidente fica a cerca de 5 quilômetros do estádio Mineirão, que recebe em 8 de julho, próxima terça-feira, um dos jogos das semifinais da Copa do Mundo. E a 10 quiolômetros da Cidade do Galo, o Centro de Treinamento do Atlético-MG, onde a seleção argentina está concentrada. O viaduto faz parte da implantação do BRT (Bus Rapid Transit) Antonio Carlos/Pedro I, na capital mineira. A obra integra a lista de projetos do chamado 'PAC da Copa'. O trecho em obras - que não inclui apenas o viaduto - vai da Avenida Pedro I até o terminal Vilarinho. As obras foram iniciadas em 2011 e deveriam ter sido entregues até o Mundial, mas atrasaram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário