terça-feira, 22 de julho de 2014

Polícia reconstitui morte de idoso em Santo Antônio do Monte, MG, encontrado com santo nas mãos.

Polícia reconstitui morte de idoso em MG encontrado com santo nas mãos

Crime em Santo Antônio do Monte foi cometido pela 'namorada' da vítima.
Foto da mulher que confessou tiro também estava nas mãos do idoso.

Anna Lúcia Silva Do G1 
 
Criminoso vão responder por latrocínio
(Foto: Polícia Civil/ Divulgação)
Criminoso vão responder por latrocínio (Foto: Polícia Civil/ Divulgação) Uma equipe da Polícia Civil realizou na manhã desta terça-feira (22) a reconstituição de um crime que chocou o município de Santo Antônio do Monte em junho. Segundo o delgado responsável pelo caso, Rodrigo Noronha, um casal matou um idoso de 73 anos com um tiro nas costas, após tentarem roubar R$ 14 mil que ele guardava em casa. O idoso morreu segurando um santo e com uma foto da jovem de 18 anos, suspeita do crime, com quem ele mantinha relacionamento há um ano. Segundo o inquérito, ela teve apoio do namorado de 33 anos no crime.
A vítima foi encontrada no dia 6 de junho dentro da casa onde morava em uma zona rural, que fica a cerca de 30 quilômetros de Santo Antônio do Monte. Na ocasião, segundo a Polícia Militar (PM), ele estava com perfurações de arma de fogo nas costas e com as mãos amarradas. O casal foi preso 41 dias depois da ação.
Ainda segundo o delegado, a suspeita mora em Lagoa da Prata e passava os fins de semana com o idoso. "Ela esteve com ele no fim de semana e viu que guardava em casa cerca de R$ 14 mil. Foi quando ela retornou à residência com o namorado para roubar o dinheiro, que por sinal, não estava mais lá", disse.


Detalhes do crime

A reconstituição durou duas horas e o casal deu todos os detalhes do crime. Segundo informações dos dois, eles foram até a zona rural um dia antes do crime para conhecerem o caminho. No dia do latrocínio eles chegaram na moto e desligaram a chave para não fazer barulho. "Ela sabia que na casa tinha um cachorro, então desligaram a moto e em seguida deram um pedaço de carne ao cão para que ele não latisse, foi quando bateram na porta e o idoso atendeu", contou o delegado.

Casa onde ocorreu o crime fica a 30 quilômetros de Santo Antônio do Monte (Foto: Polícia Civil/ Divulgação) 
Casa onde ocorreu o crime fica a 30 quilômetros de Santo Antônio do Monte 
(Foto: Thiago Carvalho/ Divulgação)
 
 
Foi então que o namorado da jovem rendeu a vítima e amarrou as mãos dele com cordas que estavam no local. Enquanto o suspeito procurava pelo dinheiro a jovem ficou tomando conta do idoso, segurando uma espingarda calibre 12.


Idoso segurava uma foto da criminosa e um
santinho (Foto: Thiago Carvalho/Divulgação)
Idoso segurava uma foto da criminosa e um santinho (Foto: Thiago Carvalho/Divulgação) Em determinado momento, a vítima retirou do bolso do idoso um santo e uma foto plastificada dela. "Durante a ação ela gritou com o namorado e foi quando o idoso reconheceu a voz. Ele ficou espantado em saber que se tratava dela e então começaram a discutir e ela mandou que ele calasse a boca. A discussão continuou e a suspeita atirou nas costas da vítima, que morreu no local", contou o delegado.
Em seguida os dois fugiram com a moto sem levar nada, pois não encontraram o dinheiro. "Foi um crime realmente chocante, pois ele tinha um carinho por ela, inclusive morreu com a foto dela nas mãos e ela confessou friamente cada detalhe", lamentou.
Os dois presos vão aguardar julgamento e irão responder por latrocínio. O homem de 33 anos já cumpriu pena oito anos e tem passagens por furto, roubo e receptação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário