quinta-feira, 17 de julho de 2014

Justiça Eleitoral barra comercial com Tiririca.

Justiça Eleitoral barra comercial com Tiririca

Magistrado acredita que aparição coloca deputado em vantagem na campanha

 

Veja o vídeo clicando na imagem abaixo:

 Tiririca vira um cooler em comercial

  Tiririca vira um cooler em comercial (Reprodução/Youtube)

 
Não durou 24 horas. Uma liminar do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) mandou suspender a exibição do novo comercial da bomnegocio.com, que tem o deputado Tiririca como garoto-propaganda. A proibição se estende a todas as emissoras de rádio e televisão. No Youtube, porém, ele continua no ar – e com o número de visualizações aumentando consideravelmente: foram mais de 600.000 somente no primeiro dia.
Na decisão, o juiz Caduro Padin entendeu que o comercial pode favorecer Tiririca, com uma aparição maior do que os demais candidatos. O parlamentar do PR é candidato à reeleição. "É vedado às emissoras veicular propaganda comercial de produtos ou serviços, com participação de candidato a cargo eletivo", justificou o magistrado, citando o artigo 45 da lei 9.504/07.
O bomnegócio.com comentou a determinação por meio de nota: "A empresa pensou em artistas, famosos por suas atitudes originais, que pudessem emprestar suas personalidades para explicar o que é um bom negócio. O comercial com o Tiririca segue o mesmo conceito que os anteriores, com a Narcisa Tamborindeguy, o Sergio Mallandro e Compadre Washington, por exemplo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário