domingo, 6 de julho de 2014

Japonesa morre após beber muita água em ritual de exorcismo.

Japonesa morre após beber muita água em ritual de exorcismo

Eiko Noda, de 81 anos, realiza exorcismos em troca de dinheiro há cerca de três décadas
AFP/AFP - Eiko Noda, de 81 anos, realiza exorcismos em troca de dinheiro há cerca de três décadas


A polícia japonesa, que investiga a morte de uma mulher que supostamente faleceu depois de ser forçada a beber muita água, prendeu uma exorcista profissional de 81 anos, sua irmã mais nova e o marido da vítima.
As informações apontam que Rie Fukuda, de 51 anos, foi obrigada a engolir um grande volume de água, no que detetives afirmam que foi um exorcismo realizado por seu marido e por duas mulheres idosas.
O marido da vítima, Kosai Fukuda, de 52 anos, professor de uma universidade na cidade japonesa de Kumamoto, no sul do país, foi preso junto com Eiko Noda, de 81 nos, e Keiko Kitayama, de 77, informou a polícia à AFP nesta sexta-feira.
Noda realiza exorcismos em troca de dinheiro há cerca de três décadas, declarou a Nippon Television, citando fontes não identificadas na polícia local.
Noda e Fukuda declararam à polícia que a mulher morta "vinha recebendo exorcismo há vários anos". Não foi fornecido nenhum detalhe sobre a religião dos supostos envolvidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário