quarta-feira, 16 de julho de 2014

Grupo cava túnel para furtar cofre no Paraguai.

Funcionários descobrem túnel em transportadora de valores no Paraguai

Grupo planejava roubar cofre de empresa em Ciudad del Este, diz polícia.
PF investiga se grupo assaltou o Banco Central, em Fortaleza, em 2005.

Do G1 

 

Funcionários de uma transportadora de valores em Ciudad del Este, no Paraguai, descobriram um túnel que estava sendo construído por uma quadrilha que planejava roubar o cofre da empresa. Segundo a Polícia Nacional, a escavação com cerca de 350 metros começou em uma casa alugada em nome de um brasileiro. O plano foi descoberto na madrugada de segunda-feira (14) e até o fim da manhã desta quarta-feira (16) seis suspeitos haviam sido presos.

Polícia investiga se grupo assaltou o Banco
Central, em Fortaleza, em 2005
(Foto: Polícia Nacional do Paraguai / Divulgação)
Polícia investiga se grupo assaltou o Banco Central, em Fortaleza (Foto: Polícia Nacional do Paraguai / Divulgação) Segundo o chefe das investigações, Baldomero Jorge Benítez, o grupo pretendia entrar na empresa de valores no domingo (13) durante a final da Copa do Mundo. A intenção era aproveitar o som dos rojões da torcida para disfarçar as explosões dentro da transportadora. Os policiais apuraram ainda que o aluguel da casa que fica a três quadras do alvo dos assaltantes foi pago antecipado por seis meses. No total, o dono do imóvel, que é paraguaio, recebeu o equivalente a R$ 25 mil.
A escavação foi descoberta por um dos funcionários que fazem a segurança do local. Durante a ronda no pátio onde os carros-fortes ficam estacionados, ele percebeu um desnível no chão e acionou a polícia. No local, foram apreendidos macacos hidráulicos e várias ferramentas. O túnel estreito tem cerca de um metro de altura e, para se locomover, o grupo usava um carrinho. O espaço contava ainda com sistema de iluminação e ventilação e, segundo a polícia, foi muito bem planejado.
As investigações terão a colaboração da Polícia Federal do Brasil, já que há indícios de que integrantes da quadrilha participaram de assaltos a bancos em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e região. Também deve ser apurado o envolvimento de suspeitos de terem planejado o assalto ao Banco Central, em Fortaleza (CE), em agosto de 2005, de onde se estima foram levados quase R$ 165 milhões.

Túnel se estendia por mais de três quadras, de uma casa até o pátio da empresa de transporte de valores (Foto: Polícia Nacional do Paraguai / Divulgação) 
Túnel se estendia por mais de três quadras, de uma casa até o pátio da empresa de transporte de valores (Foto: Polícia Nacional do Paraguai / Divulgação)
 
 
Escavação foi descoberta por um dos funcionários que fazem a segurança do local (Foto: Polícia Nacional do Paraguai / Divulgação) 
Escavação foi descoberta por um dos funcionários que fazem a segurança do local 
 (Foto: Polícia Nacional do Paraguai / Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário