sexta-feira, 4 de julho de 2014

Ex-coelhinha da Playboy larga vida de luxo e vira muçulmana.

Ex-coelhinha da 'Playboy' larga vida de luxo e se converte ao islamismo

Felixia Yeap fez ensaios de lingerie para a revista masculina nas Filipinas.
Agora ela posa de véu nas redes sociais: 'É o dia do meu renascimento'.

Do G1

 
Felixia posou com roupas sensuais para a Playboy Filipinas e agora usa véu islâmico (Foto: Reprodução/Twitter/Playboy/Facebook/Felixia Yeap) 
Felixia posou com roupas sensuais para a 'Playboy' das Filipinas e agora usa véu islâmico (Foto: Reprodução/Twitter/Playboy/Facebook/Felixia Yeap)
 
 
Primeira modelo da Malásia a se tornar coelhinha da "Playboy", Felixia Yeap, de 28 anos, anunciou na quinta-feira (3) que se converteu ao islamismo. "Hoje é o dia do meu aniversário, e também o dia do meu renascimento", escreveu a jovem em seu blog.
Felixia ganhou notoriedade há 2 anos, quando fez um ensaio para a "Playboy" Filipinas com roupas sensuais, mas sem nudez. Ela também participou de vários eventos com o famoso traje de coelhinha. No início do ano, porém, passou a recusar os trabalhos de modelo e, recentemente, apareceu nas redes sociais vestindo o véu muçulmano (hijab), que cobre os cabelos e o colo, mas não esconde o rosto (conheça os tipos de véus islâmicos).
A jovem malaia disse que tinha uma vida rodeada de luxo, mas não via muito sentido naquilo. Os pais dela haviam se separado, e Felixia ajudava a mãe e os irmãos nas despesas de casa.
"Naquela época, eu não tinha nenhuma religião, mas sempre segui os conselhos da minha mãe de não deixar nenhum homem se aproveitar de mim, não me deixar ser enganada pelas pessoas e não me envolver com álcool, cigarros ou drogas", escreveu a modelo nas redes sociais. "As pessoas ao meu lado relacionavam felicidade com riqueza, e vi muitas jovens se deixar levar pela fama e pelo luxo sem levar em conta a autoestima."
Felixia diz que sua mãe não sabe nada sobre o Islã (apenas que os muçulmanos não comem carne de porco) e que foi muito criticada por ter uma filha que usa véu, mas não se opôs à decisão da filha de se converter. "Ela me disse que está aprendendo sobre a religião e também pensa e se converter", afirmou a modelo.
"Desde que comecei a conhecer os ensinamentos do Islã, estou mais satisfeita, mais silenciosa e mais tranquila, graças a uma vida modesta", desabafou Felixia. "Dinheiro e riqueza não me chamam mais atenção como antes. Não fico mais impressionada com carros esportivos, bolsas caras, vida luxuosa ou a ambição de viver em uma mansão."
Jovem foi capa de revista como ring girl antes de se converter (Foto: Reprodução/Facebook/Felixia Yeap) 
Jovem (esq) foi capa de revista como ring girl antes de se converter 
(Foto: Reprodução/Facebook/Felixia Yeap)

Nenhum comentário:

Postar um comentário