quarta-feira, 16 de julho de 2014

Em média, argentino foi o turista que menos gastou na Copa.

Em média, argentino foi o turista que menos gastou na Copa, diz pesquisa

Estudo de empresa de cartões leva em conta gasto médio por compra.
Por esse critério, holandeses foram os que mais gastaram no Brasil.

Do G1
 
Argentinos parrila porto alegre carrinho supermercado (Foto: Vinícius Guerreiro/G1) 
Argentinos fazem churrasco em carrinho de supermercado em Porto Alegre 
(Foto: Vinícius Guerreiro/G1)
 
Os argentinos foram os turistas que, em média, menos gastaram dinheiro no Brasil na Copa do Mundo, afirma um levantamento da empresa de meios de pagamento eletrônico Cielo divulgado nesta terça-feira (15).

Holandeses fantasiados no Pelourinho; os turistas
que mais gastaram (Foto: Henrique Mendes/G1)
Holandeses fantasiados no Pelourinho (Foto: Henrique Mendes/G1) Segundo a pesquisa, os visitantes do país vizinho gastaram em média R$ 127 por cada compra – menos de um terço do ticket médio dos holandeses, que foi de R$ 446 por compra.
Segundo esse estudo, os turistas da Holanda foram os que mais desembolsaram dinheiro no país, seguidos pelos suíços, que apresentaram gasto médio de R$ 416 por compra no comércio brasileiro.
No outro extremo, os espanhóis seguem os argentinos como os que menos gastaram: o ticket médio do país campeão da Copa anterior foi de R$ 174.
Quando se leva em conta o volume total de gastos, os turistas dos Estados Unidos ficaram em primeiro lugar: eles foram responsáveis por R$ 25 de cada R$ 100 em compras no país. Em seguida vieram o Reino Unido, com 5,8% de participação no total, e a Argentina, com 5,2%.
O levantamento considerou os gastos de estrangeiros de mais de 20 nacionalidades no período de 12 de junho a 8 de julho. Além de levar em conta os pagamentos com cartões de débito e crédito obtidos em seu banco de dados (que abrange 1,4 milhão de pontos de venda no Brasil), a empresa usou modelos matemáticos e estatísticos para obter uma projeção também dos gastos em dinheiro e cheque.

Bares e restaurantes

Quando se consideram visitantes de todos os países, o gasto médio dos estrangeiros por compra foi de R$ 241 durante a Copa -- 7,2% menos do que no período anterior ao evento, entre janeiro e maio.
Segundo a Cielo, a queda tem a ver com o foco dos gastos desses visitantes, que ficou em bares e restaurantes, que tradicionalmente têm um ticket médio menor: quase 40% das compras dos turistas se concentraram nesse setor.
Os estrangeiros gastaram principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro, que concentraram 66,8% dos gastos desse público durante a Copa. Em seguida vieram Brasília e Belo Horizonte. Cuiabá foi a cidade-sede com menor participação no total, mas triplicou seu desempenho em relação ao menos período de 2013.


Gasto médio por compra de acordo com a nacionalidade do turista
 
Holanda - R$ 446
Suíça - R$ 416
Rússia - R$ 386
Coreia do Sul - R$ 321
Reino Unido - R$ 315
Alemanha - R$ 308
Bélgica - R$ 288
Austrália - R$ 287
Uruguai - R$ 282
França - R$ 267
Colômbia - R$ 262
Japão - R$ 248
Equador - R$ 245
Chile - R$ 237
Portugal - R$ 217
México - R$ 213
Itália - R$ 207
EUA - R$ 198
Espanha - R$ 174
Argentina - R$ 127

Fonte: Cielo

Nenhum comentário:

Postar um comentário