quinta-feira, 24 de julho de 2014

Cartão de crédito de vítima do MH17 foi usado após queda, diz família.

Cartão de crédito de vítima do MH17 foi usado após queda, diz família

Mulher de uma das pessoas a bordo teve que cancelar cartões após uso.
‘As pessoas estão abusando’, disse Reine Dalziel sobre os separatistas.

 
Do G1
  
O sul-africano Cameron Dalziel ao lado da mulher, Reine, e de um dos filhos do casal (Foto: Reprodução/Twitter/Neil Noble) 
O sul-africano Cameron Dalziel ao lado da mulher, Reine, e de um dos filhos do casal 
(Foto: Reprodução/Twitter/Neil Noble)

A mulher de uma das vítimas da queda do voo MH17 da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia teve que cancelar os cartões de crédito de seu marido, que estava no avião, após eles terem sido usados para compras depois da queda ocorrida no dia 17 de julho, segundo a emissora americana CNN.
Reine Dalziel era casada com Cameron Dalziel, um piloto de helicóptero sul-africano que também tinha cidadania britânica. A família havia se mudado recentemente para a Malásia.
Segundo seu irmão, Shane Hattingh, Reine ficou chocada ao perceber que o cartão de seu marido havia sido utilizado. “As pessoas estão abusando na Ucrânia”, disse. “Eles não têm nenhum respeito uns pelos outros, olhe o que estão fazendo. Não é uma surpresa que eles estejam tratando os pertences das vítimas desse jeito.”
Houve diversos relatos de que malas e objetos pessoais das vítimas foram mexidos e retirados do local da queda – houve casos de telefones celulares usados pelos rebeldes e equipamentos eletrônicos que desapareceram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário